• Equipe Contramarco

TECNOLOGIA EM CENA: PORTAS SE ABREM COM TOQUES E CLIQUES


Reprodução: TechTudo

“No Brasil, as fechaduras mais utilizadas são as de cartões magnéticos, principalmente pelas redes hoteleiras”, destaca o engenheiro Roney Honda Margutti, gerente de tecnologia do Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não Ferrosos no Estado de São Paulo (Siamfesp). Em seguida, na lista de preferência do consumidor nacional, vem as acionadas por senhas numéricas e as biométricas, cita.


Comodidade. Essa é a palavra certa para falar sobre a fechadura acionada por app (tecnologia bluetooth de smartphones). “A porta é aberta ou fechada usando o celular e sem a necessidade de levantar do sofá. Também é possível enviar chaves pelo aplicativo, ou seja, permitir que uma visita entre na edificação encaminhando a permissão para seu dispositivo móvel”, complementa o especialista.


COMO ESCOLHER UM MODELO?


Segundo o engenheiro, no momento da escolha, os projetistas devem levar em conta qual será a aplicação do produto. Se o mecanismo for para um hotel, por exemplo, é interessante adotar o cartão magnético, pois é difícil pedir para que os hóspedes decorem senhas ou cadastrem suas digitais.


Já se a fechadura for para uma residência uma boa opção é a biométrica, pois facilita o dia a dia do morador evitando o desconforto de carregar um “bolo” de chaves, conforme Margutti.


COLOCANDO A TECNOLOGIA EM PRÁTICA


Este momento exige mão de obra especializada, para garantir o bom funcionamento do produto. “No caso das soluções por app, é importante obter ajuda de profissional capacitado e indicado pelo fornecedor, não somente pela complexidade dos ajustes, mas também para evitar problemas com invasões e hackers capazes de sabotar o sistema”, alerta o especialista.


A manutenção e correção de falhas dependerão de cada fabricante e da tecnologia empregada. No caso dos aplicativos, a empresa que lançou o produto terá de contar com equipe de manutenção 24 horas por dia e sete dias por semana para atender a emergências, segundo o engenheiro.


As fechaduras eletrônicas são indicadas para portas de madeira, mas é possível instalá-las também nas portas metálicas, apesar das limitações de espaço do perfil deste modelo, segundo Margutti.


VALOR DO INVESTIMENTO


É possível encontrar no mercado fechaduras eletrônicas importadas custando entre R$ 500 e R$ 600. Já o preço médio dos produtos com tecnologia biométrica é de cerca de R$ 1,3 mil para o modelo mais simples, atingindo até R$ 3 mil para as opções completas, informa o profissional, informa o especialista. Os modelos por app variam em torno de R$ 2 mil reais, de acordo com pesquisa em sites de e-commerce.


QUALIDADE


O mercado nacional não conta com norma técnica da ABNT para avaliação das fechaduras eletrônicas. No entanto, é possível adotar como base a ABNT NBR 14913 – Fechaduras de embutir – Requisitos, classificação e métodos de ensaios –, norma específica para as fechaduras de embutir em portas de madeira, aço, alumínio e de perfil estreito.


Fonte: AECWeb

0 visualização

Tel: +55 (11) 5539-3200