top of page

ESQUADRIAS EM RESTAURANTES: QUAL O MATERIAL IDEAL?

*Por Stephanie Fazio


Divulgação: Korman Arquitetos


Restaurantes, cafés, lanchonetes e outros espaços comerciais necessitam de uma vitrine convidativa, o que pode ser proporcionado com esquadrias de vidro, que garantem modernidade ao espaço e entrada de luz natural, destacando os produtos e criando integração entre os ambientes.


Perfis de alumínio ou PVC podem abrigar os painéis de vidro, facilitando o isolamento acústico e térmico, além de resistência a condições climáticas. Podem ser encontradas em diferentes modelos, como deslizantes, basculantes, pivotantes e fixas, sendo adaptáveis às necessidades específicas de cada projeto arquitetônico, seja em residências, escritórios ou espaços comerciais.


“Os vidros temperados são os mais resistentes, no entanto, o laminado possui menos desprendimento e estilhaços. Para esquadrias em locais de muita circulação de pessoas, os vidros laminados são mais seguros”, afirma a arquiteta Carina Korman, do escritório que leva seu nome. No entanto, ela observa que não existe um modelo ideal de porta, pois vai depender muito do local e da abertura, as portas de correr são geralmente mais utilizadas, pois ocupam um espaço menor na sua abertura.


CONFORTO TÉRMICO E ACÚSTICO


Segundo a arquiteta, no momento do planejamento é essencial pensar também em fatores como: “limpeza e manutenção, para isso é melhor escolher esquadrias de materiais duráveis e pensar na forma como é instalada; e na segurança contra incêndios, é muito importante se certificar que o item será resistente ao fogo e que atenderá os requisitos dos códigos de leis do local”.


Sobre a aplicação do vidro na fachada, a arquiteta destaca que é necessário pensar na segurança e também no conforto térmico. “Existem vidros especiais, como o insulado, que tem uma capacidade térmica melhor, e também películas que ajudam. Os vidros laminados, por terem a película de segurança, são melhores”, avalia.


Para que a acústica seja boa, é preciso utilizar esquadrias especiais com vedação que não permite que o som saia. O vidro duplo também é necessário, por ser um material liso e resistente, reflete o som dentro do local, então é necessário ter outros materiais que absorvam para evitar que o barulho se expanda dentro do estabelecimento, conforme Carina.


SOBRE A KORMAN ARQUITETOS


Com mais de 35 anos de história nos segmentos residencial, corporativo e comercial, o escritório conta com diferentes gerações no comando de projetos personalizados e exclusivos, realizados no Brasil e no exterior. Carina se uniu aos pais, Silvio e Ieda, para juntos darem forma a ambientes criativos, com uma linguagem moderna e atemporal. O trio assina reformas dos mais variados estilos e concebe espaços do zero, num trabalho que inclui o acompanhamento da obra e a finalização da decoração. A Korman Arquitetos já participou das principais mostras do país, como a CasaCor, e teve projetos publicados nos veículos mais relevantes da área.


Mais informações: www.kormanarquitetos.com.br


Fontes: QuintoAndar e Korman Arquitetos

Comments


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page