top of page

COMO SAIR DO COMUM COM COMPONENTES DE ALTO PADRÃO

O engenheiro Eduardo Silva explica como elevar as esquadrias e os projetos de arquitetura moderna


*Por Emanuelle Ormiga, sob supervisão da profissional habilitada Stephanie Fazio


No 6° Simpósio Brasileiro da Indústria de Esquadrias (Simbrie), o engenheiro Eduardo Silva, coordenador técnico da Udinese Assa Abloy, fabricante de componentes para esquadrias, explanou em sua palestra como sair do comum e elevar as esquadrias para um nível de alto padrão.


Reprodução: Udinese Assa Abloy

O profissional começa com o que o usuário busca quando quer esquadrias de alto nível. Um dos fatores que pontua é a diferenciação. “O consumidor não vai querer uma janela de duas folhas de correr normal, ele vai querer algo diferente, que não tem na rua dele”, explica. Com isso, Silva conclui que o usuário vai ser muito atento aos detalhes, vai olhar o que é mais visível, como uma concha e uma cremona.


Por outro lado, existe o fabricante, que precisa atender a todos os requisitos que o cliente quer, agregando valor a sua esquadria. Dessa forma, o engenheiro afirma que o produtor irá se diferenciar no mercado, trabalhando com alto padrão. Sendo assim, Silva apresenta que a Udinese oferece aos clientes um catálogo focado nesse segmento Premium, com tipologias de correr, integrada e de giro.


DE CORRER


Reprodução: Udinese Assa Abloy

“Quando uma pessoa vê uma tipologia de correr, o que chama mais atenção é o que está visível, como o fecho concha que muitas vezes tem a fixação aparente”, afirma o coordenador. Porém, com as esquadrias de alto padrão, os conceitos mudaram. “Hoje as pessoas querem um design com linhas retas, mais clean, e aí preferem sem a fixação aparente”, pontua. A marca oferece dois modelos, em diversas cores, de concha sem fixação aparente em seu catálogo, com fecho slide (de subir e descer) e o de toque automático.


Na sequência, Silva apresenta um futuro lançamento da marca, o multiponto Infinity: uma junção do fechamento cremona multiponto com uma concha de design reto. O produto foi apresentado na 12º edição do Salão da Indústria de Esquadrias e Vidro (SAIE VETRO) e, em breve, será lançado no mercado.

Reprodução: Udinese Assa Abloy

Além disso, a Udinese possui uma nova família de fechamento cremona, a linha Euro, com um design round (arredondado) e square (quadrado) em diversas cores. Por fim, o engenheiro exibe a linha Massima de componentes para sistemas de canal europeu, com alto nível de isolamento acústico e múltiplas possibilidades de montagem.


Reprodução: Udinese Assa Abloy

INTEGRADA


Reprodução: Udinese Assa Abloy

A marca oferece palhetas de alta e altíssima densidade para até grandes vãos, sem utilizar coluna e mancal central. Além disso, possui automação de persiana integrada, sendo residencial, Alexa, Google Home, etc. “Antigamente, a integrada tinha um recolhedor de puxar, para recolher todas as palhetas”, explica o coordenador, dizendo que isso mudou, pois uma pessoa que quer uma esquadria de alto padrão, não quer manusea-lá. Em breve, a Udinese lançará um motor com Wi-Fi integrado.


Reprodução: Udinese Assa Abloy


DE GIRO


Reprodução: Udinese Assa Abloy

Para essa tipologia, a Udinese tem três tipos de fechaduras digitais: Udinext 200, Udinext 100 e a YDF40. Para os clientes que gostam do normal, com maçaneta e cilindro, a marca oferece o design Flare, com cilindro padrão europeu e lingueta tipo tombar.

Reprodução: Udinese Assa Abloy


Silva menciona também a dobradiça oculta com mola de embutir, que garante um visual mais limpo para a esquadria, sem perder a funcionalidade. Finalizando a palestra, apresenta o veda porta, que é eficiente contra insetos, poeiras e ruído, com versões de embutir e de sobrepor.


Reprodução: Udinese Assa Abloy


Para mais informações, acesse: www.udinese.com.br

V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page