top of page

5 ESTILOS DA ARQUITETURA AFRICANA

Com exceção das famosas pirâmides egípcias, poucas pessoas conhecem outras grandes construções espalhadas pelas nações africanas.


Abaixo, você pode conferir alguns exemplos dos estilos da arquitetura africana, compilados pelo perfil no X (antigo Twitter) chamado “Igbo Excellence”.


ARQUITETURA NÚBIA


À direita Nubian Museum/Reprodução: Hypescience


Os núbios são um grupo etnolinguístico (área da linguística que estuda tanto a variação da língua em relação a cultura, como os aspectos dos usos linguísticos relacionados com a identidade étnica) nativo do atual Sudão e Sul do Egito, originários dos habitantes do vale central do Nilo, um dos primeiros berços da civilização.


As casas são construídas com materiais naturais, como o barro. O teto em forma de cúpula tem como intuito distribuir o calor do sol igualmente por todo o interior da casa. Além das figuras geométricas, as paredes são pintadas com desenhos e as lajes são decoradas com artesanatos.


ARQUITETURA SUL AFRICANA


À esquerda Addo Palace "Ndebele Bush Lodge" Accommodation e Ndebele Building/Reprodução: Hypescience


A África do Sul tem uma infinidade de grupos étnicos e linguísticos pioneiros em arquitetura, desenvolvendo suas próprias tradições. Com diferentes tons, contrastes e ornamentos, as cores contam histórias e trazem a identidade cultural. O uso das cores é simbólico com motivos destacando padrões religiosos e culturais nas fachadas.


ARQUITETURA AFRO-FUTURISTA


À esquerda Memorial Doutor António Agostinho Neto e Le monument aux martyrs/Reprodução: Hypescience


Este estilo arquitetônico busca valorizar o passado e projetar o futuro, aliando ancestralidade à tecnologia. As construções utilizam materiais tecnológicos, como o metal, preservando e trazendo toques de movimento.


O Memorial Doutor António Agostinho Neto é dedicado e leva o nome do primeiro presidente da Angola, a obra está localizada na capital Luanda. Ele comemora a contribuição do presidente para a derrubada do domínio colonial português. A Angola então se tornou um estado socialista desde sua independência em 1975 até 1992.


ARQUITETURA DE MADAGASCAR


Arquitetura de Madagascar

Rova | Antananarivo, Madagascar/Reprodução: Hypescience


Esta é uma grande nação insular na costa leste da África. Madagascar tem em seu estilo arquitetônico uma forte semelhança com métodos de construção do sul de Bornéu, região da qual acredita-se que os primeiros habitantes de Madagascar tenham imigrado. As casas mais tradicionais seguem uma forma retangular e apresentam um telhado pontiagudo e inclinado, suportado por um pilar central.


ARQUITETURA AFRICANA MODERNISTA


À esquerda La Pyramide e Sofitel Abidjan Hotel Ivoire/Reprodução: Hypescience


As décadas de 1960 e 1970 foram um período de experimentação com a arquitetura modernista na África, uma nova arquitetura se iniciou na Costa do Marfim. O estilo moderno ganhou força após a independência do país em 1960. Anos depois, após um conturbado período, o país foi transformado pelo golpe militar de 1999 e duas guerras civis subsequentes.


Projetada pelo arquiteto italiano Rinaldo Olivieri e construída entre 1970 e 1973, a Pirâmide de Abidjan foi erguida em concreto com terraços escalonados ao redor de um núcleo cúbico. O edifício acolheu uma série de instituições estrangeiras e empresas da cidade de Abidjan, enquanto no térreo funcionava um centro comercial.


Projetado pelos arquitetos israelenses Heinz Fenchel e Thomas Leitersdorf, a torre do Hotel Ivoire, na cidade de Abidjan, foi construída entre 1962 e 1970 e, ainda hoje, continua sendo um dos principais exemplos da arquitetura moderna da Costa do Marfim, abrigando o único centro de convenções e hotel cinco estrelas da capital econômica do país.


Fontes: Hypescience, ArchDaily, Archtrends e Memphis Tours

V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page