top of page

TECNOVIDRO E SEMINÁRIO: SIMVIDRO PARTICIPA DA CONSTRUA MINAS

Temas como produtividade, normas técnicas, tendências, inovação, sustentabilidade e industrialização foram os assuntos debatidos em mais de 80 horas de palestras


Nas fotos da esquerda para a direita: Geraldo Junior, presidente do SimVidro, Fabíola Rago, engenheira civil, Thalita Rezende, projetista do escritório BM Consultoria, Thaíse Victorino, representante da Abividro, Luiz Fernando Vieira, especialista em especificação e aplicação dos vidros resistentes ao fogo no grupo Saint-Gobain no Brasil, e Cirilo Paes, consultor especial Glasspeças

O Construa Minas, evento da construção civil que aconteceu em Belo Horizonte (MG), durante os dias 23 a 26 de outubro, foi realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e em parceria com entidades do setor. O Sistema Integrado Mineiro do Vidro Plano (SimVidro) também participou do evento com palestrantes.


Temas como produtividade, normas técnicas, tendências, inovação, sustentabilidade e industrialização foram os assuntos debatidos em mais de 80 horas de palestras. O conteúdo foi programado para profissionais, instituições de ensino, indústria e entidades da construção civil e do mercado imobiliário (engenheiros, construtores, incorporadores, arquitetos, empreendedores, gestores de obras e projetos, empresários, especialistas, corretores, docentes e estudantes).


O Construa Minas reuniu mais de 20 entidades, entre elas: Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG), Sindicato da Indústria da Construção Pesada no Estado de Minas Gerais (Sicepot-MG), Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (Abrasip-MG), Sistema Integrado Mineiro do Vidro Plano (AMVID e Sinvidro-MG), Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de Minas Gerais (Ibape-MG), Câmara Brasileira de BIM (CBIM), Sociedade Mineira dos Engenheiros (SME), Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (Abece-MG) e Sindicato das Indústrias de Produtos de Cimento do Estados de Minas Gerais (Siprocimg).


14ª EDIÇÃO DO TECNOVIDRO


No dia 24 de outubro, as oficinas de projetos, montagem e instalação de esquadrias fizeram parte da 14ª edição do Tecnovidro, que contou com a presença dos instrutores Cirilo Paes, consultor especial Glasspeças, e de Carlos Alexandre, consultor especial W.Vetro.


Com foco em vidraçarias, as oficinas práticas tiveram como objetivo mostrar aos participantes como pode ser simples e viável entrar na área de serralheria. Paes mostrou como é possível, com recurso financeiro relativamente baixo, começar a realizar a venda e instalação de sistemas básicos que envolvem o vidro e esquadrias.


“O SimVidro espera, com essas oficinas, mostrar para as vidraçarias que é possível ampliar o olhar para o mercado e incluir no portfólio de produtos os sistemas de esquadrias que levam vidro em sua composição”, afirma a entidade.


“Não queremos formar um vidraceiro em serralheria com 8h horas de capacitação e temos consciência disso. Mas queremos que os participantes entendam o que muda de sistemas básicos de vidro temperado e de esquadria e que vejam que é possível, aos poucos, com capacitações específicas, incorporar esses produtos no portfólio da vidraçaria”, diz Geraldo Junior, presidente do SimVidro.


O SEMINÁRIO


Em parceria com o Sinduscon-MG, o SimVidro realizou, em 25 de outubro, a 4ª edição do seminário, evento promovido anualmente com o objetivo de oferecer o que houver de mais importante sobre vidros e esquadrias de alumínio para os vidraceiros, serralheiros, construtoras, engenheiros civis e arquitetos.


Na primeira palestra, Thaíse Victorino, representante da Associação Brasileira das Indústrias de Vidro (Abividro), entidade responsável pela plataforma Vidro Certo e também uma das responsáveis pela plataforma recém-lançada Educavidro, apresentou para o público o que é ofertado em cada uma das plataformas e deixou o convite para que todos façam a capacitação usando estas ferramentas digitais.


O segundo palestrante foi Luiz Fernando Vieira, especialista em especificação e aplicação dos vidros resistentes ao fogo no grupo Saint-Gobain no Brasil. Durante a apresentação, Vieira mostrou que Minas Gerais é o segundo estado em consumo deste tipo de vidro no Brasil, para a surpresa do público presente.


Fabíola Rago, engenheira civil, professora e pesquisadora do Curso de Engenharia Civil da Universidade Presbiteriana Mackenzie e diretora da qualidade do Instituto Beltrame da Qualidade, Pesquisa e Certificação (IBELQ), terceira palestrante da programação, falou sobre a norma de esquadrias de alumínio e reforçou a importância de atender as orientações para garantir a segurança do sistema. Fabíola, em seu segundo momento de fala, abordou a certificação de guarda-corpo, esquadrias e vidros. A professora e especialista no tema fez questão de destacar que campanhas como a realizada pelo SimVidro, para estimular a certificação do vidro, são essenciais para o desenvolvimento do setor.


A última palestrante da programação trouxe um estudo de caso sobre os desafios da instalação de fachadas. A obra apresentada por Thalita Rezende, projetista do escritório BM Consultoria, em Belo Horizonte, foi o retrofit do Edifício Banlavoura. A obra ainda em andamento permitiu que a palestrante pudesse trazer imagens dos desafios enfrentados nesse tipo de projeto em que a fachada está sendo trocada com toda a estrutura comercial funcionando normalmente.


O VIDRO NO MUNDO


A exposição “O Vidro no Mundo” esteve à disposição para visitas pela última vez. Os participantes do evento puderam se divertir com os espelhos cheios de distorções e puderam conhecer vidros impressos ou texturizados, que já foram produzidos e que hoje não estão mais no portfólio dos fabricantes.


A exposição foi criada em 2022, instituído o ano internacional do vidro pela Organização das Nações Unidas (ONU), para levar as informações sobre o vidro plano para o maior número possível de pessoas. Durante 2022, a exposição esteve em um dos principais museus de Belo Horizonte, o de Artes e Ofícios. Também esteve nos eventos da Semana do Vidraceiro, na feira de Reciclagem e em diversas unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), na capital mineira.


No Sebrae, a exposição contou com sete empresas que ajudaram a contar um pouco mais sobre o vidro, trazendo componentes e acessórios para os sistemas de vidro, mostrando ao público que, além do vidro, envolvem uma série de detalhes importantes. Foram elas: Acidatos, Adere, Divinal, Glass Partes, Glasspeças, DXMAX e W.Vetro.


“Agora os vidros que compõem o acervo do SimVidro vão ganhar um cantinho bem especial na Sala do Vidro Marcos Latorre, no Senai da Construção Civil, unidade Paulo de Tarso, em Belo Horizonte”, afirma o SimVidro.


Fonte: Costrua Minas e SimVidro

Comments


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page