top of page

SINDUSCON-SP CELEBRA 88 ANOS E COMEMORA PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DA SUA UNIVERSIDADE CORPORATIVA

Objetivo da universidade é complementar a grade curricular dos cursos com noções de boas práticas para tratar de todas as etapas construtivas


Reprodução: SindusCon-SP

O Sindicato da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) celebrou no último dia 8 de setembro seus 88 anos e comemorou também o primeiro aniversário da Universidade Corporativa SindusCon-SP, criada com o intuito de aperfeiçoar os conhecimentos dos colaboradores das empresas do setor, associadas ou não, com cursos práticos e objetivos, em parcerias com entidades e professores especializados na área de construção e assuntos afins.


Para Odair Senra, presidente da entidade, “a Universidade Corporativa SindusCon-SP está desempenhando brilhantemente sua missão de atualizar o conhecimento dos profissionais das nossas empresas associadas sobre processos construtivos, gestão e sustentabilidade. Para tanto, têm sido fundamentais o trabalho voluntário do Conselho Educacional da Universidade, coordenado por Roberto Pastor, bem como a atuação dedicada dos palestrantes e das equipes de capacitação e de comunicação do SindusCon-SP.”


“É com grande satisfação que estamos comemorando um ano de cursos, contribuindo para a formação de nossos engenheiros, estudantes e oferecendo cursos com viés prático, que ajudam e enriquecem nossos colaboradores e o setor como um todo”, ressaltou Roberto Pastor, coordenador da universidade.


Para Eduardo Zaidan, vice-presidente de Economia, o SindusCon-SP sempre cuidou com seriedade da tarefa de disseminar conhecimento. “Exemplos não faltam, os convênios com o Senai, o SindusCon-SP na Prática, os seminários técnicos, o iCON Hub, o MBA na FGV e todo o programa permanente de cursos e treinamentos. A Universidade é o mais novo programa, veio para ficar, ensinar e brilhar”.


A Universidade Corporativa do SindusCon-SP ocupa um espaço vago há muito tempo no mercado de treinamentos para capacitação técnica. Realizados por profissionais atuantes no mercado, reconhecidos pela comunidade acadêmica, tem como público-alvo trabalhadores que buscam incessantemente conhecimento para se diferenciarem no mercado de trabalho, destacou o vice-presidente de relações institucionais da entidade, Yorki Estefan.


“A criação da Universidade reforça o compromisso do SindusCon-SP com seus associados para a criação do conhecimento e a divulgação da capacitação voltada para os colaboradores. Ela é um grande pilar centralizador de todo o processo de desenvolvimento de cursos, que há muitos anos o SindusCon-SP propicia ao mercado, com uma curadoria da grade de cursos, do conteúdo programático, a forma de apresentação, a escolha dos instrutores, entre outros. A Universidade veio para ficar e com certeza será mais um grande trabalho que vai colaborar muito com a melhoria do nosso setor”, afirmou o vice-presidente do SindusCon-SP, Francisco Antunes de Vasconcellos Neto.


“Os cursos têm sido de grande valor para as nossas equipes de engenharia. Nossos engenheiros seniores têm reunido estagiários e engenheiros juniores para acompanhar o curso e no transcorrer tecem comentários. Ao final, todos têm participado de debates sobre o tema apresentado e isso tem ajudado na formação dessas equipes”, destacou Renato Genioli, vice-presidente de tecnologia e qualidade do SindusCon-SP.


A universidade está fazendo um importante trabalho voltado à capacitação e aprimoramento da formação dos engenheiros e arquitetos que atuam na construção civil. A consequência direta disso será, a médio e longo prazo, um ganho na qualidade das obras e projetos dos nossos edifícios, segundo Jorge Batlouni Neto, vice-presidente de tecnologia e qualidade do SindusCon-SP.


A universidade ofereceu 17 treinamentos voltados para o Sistema Construtivo até agosto deste ano, totalizando 1.142 profissionais capacitados. O objetivo da universidade é complementar a grade curricular dos cursos de engenharia, arquitetura e outros, com noções de boas práticas para tratar de todas as etapas construtivas, tais como contenções e fundações em obras de edificações, em estruturas de concreto armado, responsabilidades, relacionamento profissional e ética, ESG (sigla em inglês para boas práticas ambientais, sociais e de governança), canteiros sustentáveis, normas técnicas, entre outras.


“A universidade tem trazido conteúdos de grande valia e aprendizado as equipes, uma vez que no mercado extremamente competitivo, há a plena necessidade de aprimoramento e aperfeiçoamento nas técnicas e nisso ela contribui bastante”, Robson Artelite dos Santos, gerente de obras da Trisul Incorporadora e Construtora SA e aluno da universidade.


Atuam também no Conselho Educacional da Universidade SindusCon-SP: o presidente do SindusCon-SP, Odair Senra; os membros da diretoria Eduardo Zaidan, Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, Yorki Estefan, Jorge Batlouni Neto, Maurício Bianchi, Paulo Rogério Luongo Sanchez, Renato Genioli, Fábio Villas Bôas; e os representantes da área de Capacitação do SindusCon-SP, Rosilene Carvalho e André Paes.


Fonte: SindusCon-SP

Comments


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page