top of page

PROJETOS SUSTENTÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL: BRASIL É O 5º COLOCADO EM RANKING MUNDIAL

Especialista avalia que avanços tecnológicos contribuem para a evolução do segmento e devem ditar tendência em 2023


Reprodução: PressFc

Práticas ESG (Environmental, Social and Governance - Ambiental, Social e Governança, em português) têm se tornado cada vez mais frequentes no segmento da construção civil. Um levantamento realizado pelo Green Building Council Brasil (GBCB) revelou que o país é o 5º colocado em um ranking mundial em volume de projetos sustentáveis. Para a especialista Tatiana Fasolari, vice-presidente da Fast Engenharia, este movimento verde deve se fortalecer ainda mais e ditar tendências em 2023.


“Tecnologias de última geração nos ajudam a melhorar as decisões sustentáveis e a aprimorar equipamentos utilizados nas construções. Estas práticas equilibram os ambientes modernos em que vivemos com as necessidades ecológicas atuais”, afirma a especialista.


A tendência das moradas flexíveis favorece este ambiente de inovação. De acordo com um levantamento do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), 70% dos entrevistados não têm preferência por um imóvel fixo e 82% dos jovens brasileiros preferem experimentar a moradia.


O mercado das moradias flexíveis está em crescimento e um dos fatores da evolução é o mercado Built-to-Rent (BTR, construir para alugar, em tradução livre), que hoje é um dos que mais investem em empreendimentos sustentáveis na construção. “O mercado BTR vem se tornando tendência no Brasil. Hoje, as pessoas já buscam utilizar a moradia como serviço e não como um bem, se tornando um movimento sustentável, favorecendo imóveis prontos”, finaliza Tatiana.


Fonte: Fast Engenharia/PressFc


Comentarios


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page