• Equipe Contramarco

HOTEL FLUTUANTE


Reprodução: UOL


Inspirada no filme "007 - O espião que me amava" (1977), a cápsula flutuante Anthénea representa o que há de mais novo no mercado do turismo e leva em consideração os problemas ambientais. A embarcação foi desenvolvida na França pelo arquiteto naval Jean-Michel.


Com cinco painéis solares, que se movem automaticamente em busca da luz, a estrutura também conta com estações de tratamento de água. A preocupação com a natureza aparece ainda em um sistema de ancoragem especial, que a empresa afirma não danificar a vida subaquática.


Feito com material 100% reciclável, o Anthénea é altamente adaptável: pode navegar por rios, lagos e mares, em temperaturas que vão dos -30º do Ártico aos 40ºC dos países tropicais.


As cápsulas flutuantes estão à venda e custam entre 250 mil e 420 mil euros (cerca de R$ 1,5 milhão e R$ 2,5 milhões). Os valores variam dependendo do uso que será dado às embarcações, que possuem vista 360º e chão de vidro para observar a vida aquática. A empresa mira principalmente na indústria hoteleira. Em sua versão suíte, a estrutura de 50 m² conta com sala de estar, cozinha, cama e banheira.


No entanto, as embarcações também podem servir como um spa com duas salas de tratamentos, uma sala de reuniões para 15 pessoas e até um exclusivo espaço de eventos para até 50 convidados.


Fonte: UOL

4 visualizações

Tel: +55 (11) 5539-3200