top of page

5º CICLO DO VETOR AG BUSCA SOLUÇÕES QUE POSSIBILITAM CONEXÃO COM O 5G

Startups interessadas em participar do programa podem se cadastrar até o dia 25 de setembro, com sete desafios voltados para tecnologia e uma opção com tema aberto


Reprodução: Rawpixe - Freepik

O programa de inovação aberta da construtora Andrade Gutierrez, o Vetor AG, lançou seu 5º ciclo. Ao todo, serão sete desafios voltados a startups, nacionais e internacionais. A primeira etapa do ciclo de inovação é a inscrição de soluções alinhadas aos desafios, aberta até o dia 25 de setembro, no site Vetor AG.


Na sequência, apresentarão os seguintes temas: 5G - Conectividade no canteiro de obras; Canteiro Verde; RH 4.0; Produtividade de Equipamentos; Treinamento e Comunicação; Gestão de Escopo; e Cadeia de Suprimentos e Estoque. Há ainda uma opção de inscrição aberta àquelas empresas que acreditam terem sintonia com a AG em outros setores de atuação.


Um dos destaques é o desafio voltado para a tecnologia do 5G, recém-chegada ao Brasil. O objetivo é encontrar soluções que possibilitem a conexão à rede 5G em toda a extensão das obras da AG, geralmente localizadas distantes de grandes centros urbanos, além de viabilizar a exploração de tecnologias como Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial (AI) e Realidade Aumentada. As soluções serão grandes facilitadoras para uma análise de dados mais precisa e uma comunicação interconectada.


Serão selecionadas as empresas que passarão pelo Pitch Day, quando cada uma delas apresentará sua solução para os profissionais da Andrade Gutierrez avaliarem. Por fim, na última etapa, até oito empresas irão testar suas soluções nas obras da AG durante um período de seis meses.


“Temos orgulho em dizer que o Vetor AG é o 1° programa de inovação aberta do setor de Engenharia e Construção no Brasil. Desde então, conseguimos adaptar para a nossa realidade diversas soluções do mercado que estão acelerando a Engenharia 4.0 e tornando o setor mais inovador”, explica André Medina, gerente de inovação da AG e responsável pelo Vetor AG.


Desde sua primeira edição, em 2018, o Vetor AG se conectou com mais de 1.500 startups e 29 delas tiveram seus projetos pilotos aplicados em obras da Andrade Gutierrez.

A empresa, idealizadora do Vetor AG, é reconhecida pela excelência operacional, BIM (Building Information Modeling - Modelagem de Informação da Construção, em tradução literal) e inovação. Neste ano, conquistou o 1º lugar setorial em Construção e Engenharia pela terceira vez, sendo o segundo ano consecutivo, no Prêmio Valor Inovação Brasil.



CONHEÇA 5 STARTUPS QUE ESTÃO REVOLUCIONANDO A ENGENHARIA


A Engenharia 4.0 vem provocando uma revolução no setor da construção, otimizando processos nos canteiros de obras, que vão de aspectos operacionais à gestão. Diversas soluções e inovações são responsáveis por automatizar tarefas, reduzir custos e aumentar a eficiência.


Programas de inovação representam a porta de entrada para muitas dessas soluções que buscam se estabelecer no mercado. É o caso do Vetor AG, programa de inovação aberta da Andrade Gutierrez, que já estabeleceu mais de mil conexões com startups e acelerou 30 soluções que estão sendo aplicadas em obras da construtora.


Conheça algumas startups que passaram pelo Vetor AG:


1- MENTOR CONSTRUÇÃO


Disponível em versão web e mobile, a plataforma da Mentor Construção possibilita digitalizar a programação semanal das obras, automatizar a geração de KPIs, relacionados a mão de obra e equipamentos, e centralizar ocorrências e relatórios de plano, causa e ação. Com isso, aumenta a produtividade dos canteiros e a startup estima uma redução de até 70% nos desperdícios de mão de obra.


2- RASTREABILIDADE DE PEÇAS DE CONCRETO


A plataforma da SGP+ centraliza as informações sobre pré-moldados, facilitando a rastreabilidade e garantindo informações para investigações de falha. Ela gera, automaticamente, para cada peça de concreto, um databook (um livro das informações sobre diferentes aspectos de sua obra) com todo o histórico de informações e documentos gerados. Com isso, reduz em até 40% o tempo gasto na busca de dados e eles não se perdem.


3- EXOESQUELETO


A solução da startup Exy é um exoesqueleto para ser usado nos membros superiores dos trabalhadores, reduzindo problemas de ergonomia em atividades repetitivas, como é o caso, entre outras, da montagem de painéis em uma obra de usina fotovoltaica.


Seu uso foi pensado para trazer mais conforto e saúde aos montadores e, consequentemente, favorece o ganho de produtividade. O equipamento, apesar de ser originalmente criado para outros setores, como o automobilístico, está sendo adaptado e testado para a realidade da construção civil.


4- PWTECH


A startup, participante do 4º ciclo do Vetor AG, desenvolveu um equipamento modular purificador de água de alta vazão e baixo custo, capaz de tornar águas não potáveis e até contaminadas próprias para o consumo humano. A tecnologia inclusive foi comprada pela Unops, braço da ONU para implementação de serviços de ajuda humanitária, e ajudará cerca de 10 mil ucranianos. A solução também está sendo implementada em uma das obras da Andrade Gutierrez.


5- GESTÃO ENGENHARIA


A tecnologia Lidar busca maior precisão nos dados e informações a respeito da topografia da região onde ocorrerá a obra. Por meio de um sistema móvel e automatizado, realiza a coleta e a análise de informações topográficas, mesmo em ambientes com vegetação densa e minas subterrâneas, onde não há sinal de GPS.


Sua utilização aumenta a precisão de dados e traz insights operacionais para mineração subterrânea, indústrias e áreas de difícil acesso, usando a autonomia de drones, mapeamento baseado em SLAM (Simultaneous Localization and Mapping - Localização e Mapeamento Simultâneos em português) e análise de dados.


Fonte: Vetor AG/Agência NoAr


Comentários


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page