Buscar

A HISTÓRIA DA CHAVE — PARTE 1

COMO SURGIU A CHAVE?

Reprodução: Reprizzo e Superinteressante

Os primeiros modelos apareceram no Egito, há cerca de 4 mil anos. As chaves tinham um apoio para as mãos, um eixo e uma ponta dentada, que encaixava nas fechaduras e movia os pistões, destrancando a porta. Porém, era feita de madeira, que inchava com a umidade e era frágil. Outra desvantagem era o peso das chaves. As pessoas as carregavam nas costas, não só por serem enormes, mas também porque eram símbolos de status.

Séculos depois, surgiram as primeiras chaves de metal. Os romanos encontraram um formato mais eficiente, que se manteve quase inalterado por 17 séculos. Feita de bronze e ferro, a “chave gorja” era menor, mais leve e tinha um aro no cabo para ser usada como anel. No século IX, surgiram modelos totalmente de ferro. A extremidade que encaixava na tranca foi se tornando mais complexa e as fechaduras, bem mais resistentes.

Com a segunda Revolução Industrial no século XIX, surgiram novos modelos, cada vez mais seguros e baratos, garantindo que todos pudessem ter o seu próprio chaveiro. Inventores importantes surgiram, como os britânicos Robert Barron, Joseph Bramah, James Sargent e Harry Soref. Os norte-americanos Yale, pai e filho, lançaram na década de 1840 o modelo mais usado na atualidade.

Reprodução: Reprizzo e Superinteressante

63 visualizações

Tel: +55 (11) 5539-3200