JUSTIÇA REVOGA ÚLTIMO EMBARGO DA ALUNORTE


Divulgação: Hydro

O Tribunal Federal de Belém revogou em 20 de maio de 2019 o embargo de produção da refinaria de alumina Alunorte. Assim, permitindo que a empresa retome sua produção normal, após operar com metade da capacidade por mais de um ano. Nenhuma decisão foi tomada sobre o embargo da nova área de Depósito de Resíduos de Bauxita (DRS2).

Segundo informações do site do jornal carioca Extra, a unidade estava operando com restrições desde fevereiro de 2018, devido a suposta descoberta de despejos ilegais de efluentes não tratados pela fábrica na floresta amazônica.

A produção da mina de bauxita da Hydro em Paragominas será ampliada conforme a retomada dos trabalhos na Alunorte.

Mais informações: www.hydro.com/pt-BR/imprensa/noticias/2019/justica-federal-revoga-ultimo-embargo-de-producao-da-alunorte/


0 visualização

Tel: +55 (11) 5539-3200