Edição nº157 set/out 2022

ENSAIOS & QUALIDADE
DICAS DE ENSAIO EM PROTÓTIPOS DE GUARDA-CORPOS 

por Michele Gleice da Silva

4 - ensaios - assinatura.jpg

A norma ABNT NBR 14718:2019 – Guarda-corpos para edificações apresenta requisitos específicos de desempenho quanto aos ensaios e especifica que os ensaios são destrutivos e devem ser realizados em protótipos, em laboratório ou em local estabelecido pelo contratante que permita a instalação de todos os equipamentos, com acesso no piso para os lados interno e externo do protótipo.”

Ou seja, os ensaios não devem ser realizados no guarda-corpo instalado para uso definitivo na obra. E sim em protótipos fabricados para esta finalidade, tendo em vista que estes ensaios podem ser destrutíveis ou ainda causar danos ao sistema de fixação, por exemplo, que não é visível durante o ensaio, porém que poderá ocasionar patologias durante a vida útil do guarda-corpo.

Outro detalhe importante é que o protótipo deve ser instalado em local que permita 
o acesso à face interna e externa para a instalação dos equipamentos, ou seja, é 
recomendável que no caso de obras, este protótipo seja instalado no térreo.

Independentemente do local do ensaio, o importante é reproduzir o sistema de fixação exatamente como será a instalação do guarda-corpo para uso definitivo. 

Nos laboratórios, usualmente são disponibilizadas vigas de concreto, ou na obra pode-se utilizar de locais que reproduzam o mesmo substrato para instalação.

4 - ensaios.jpg
Publicidade:
WhatsApp-Video-2022-02-11-at-17.52.12.gif
Banner - 156x60.jpg
GIF-BANNER (3).gif
twitter.png
Leia a matéria na íntegra na Edição nº157 set/out 2022 - solicite seu exemplar
 Acesse a edição digital - conteúdo exclusivo para assinante