ENCONTRO ANUAL DE COLAS, ADESIVOS E SELANTES

11/10/2019

Acervo Contramarco

 

Esse segmento teve um faturamento de R$ 2,5 bilhões em 2018, o que representa um crescimento de 29,5% em comparação com o ano anterior. Esses dados fazem parte do relatório “Estatísticas do Segmento de Colas, Adesivos e Selantes”, produzido pela equipe de Economia e Estatísticas da Associação Brasileira da Indústria Química – Abiquim.

 

Segundo o relatório, em 2018, 92% da produção nacional foi destinada ao mercado doméstico e 8% às vendas externas. Confira o gráfico a seguir sobre aos segmentos que mais consomem colas, adesivos e selantes:

 

A participação dos importados sobre o consumo aparente nacional (CAN), que mede o resultado da soma da produção mais importação com exceção para as exportações, em toneladas, em 2018 foi de 22,5%. Em 2006, a participação dos importados era de 10,4%.

 

Os dados foram apresentados no Encontro Anual do Setor de Colas, Adesivos e Selantes, realizado no dia 30 de setembro, na capital paulista, pela assessora de Economia e Estatística da Abiquim.

 

 

Please reload

Publicidade:
banner_saie.gif
banner_premiomarca.gif

Tel: +55 (11) 5539-3200