FABRICAÇÃO DO VIDRO CURVO

26/6/2019

Fonte: Discovery

 

O processo de beneficiamento do vidro curvo é demorado, cada passo deve ser realizado com firmeza e ao mesmo tempo delicadeza. Para fabricar o material de forma personalizada a precisão milimétrica é fundamental.

 

O vidro é posicionado em suportes, depois é cortado e completamente limpo. Para garantir higiene absoluta uma mistura de argila, detergente e carbonato de cálcio é aplicada sobre a superfície.

 

No final, o vidro é levado ao forno em temperatura média de 650°C, as moléculas começam a se mover em sincronia curvando o vidro de maneira uniforme sobre o molde. Neste momento, é necessário que uma pessoa controle a temperatura. Após o vidro se ajustar ao molde se inicia o processo de resfriamento ou recozimento. O tempo gasto é definido de acordo com a espessura e o raio de curvatura, para garantir que o material não rache ou se danifique.

 

Segundo o site da Abravidro, o vidro curvo proporciona aos arquitetos flexibilidade nas obras, oferecendo à arquitetura a elegância das linhas arredondadas. O design diferenciado proposto pelo material agrega estilo e modernidade.

 

Ainda de acordo com a associação, no setor de arquitetura, os vidros podem ser curvados e laminados para acompanhar a fachada dos edifícios ou serem aplicados em guarda-­corpos circulares. Podem, também, compor claraboias e coberturas.

 

 

 Divulgação: Google

 

Please reload

Publicidade:
banner_saie.gif
banner_premiomarca.gif

Tel: +55 (11) 5539-3200