O CONSULTOR NO MERCADO DE ESQUADRIAS É IMPORTANTE?

13/6/2019

 Divulgação: AFEAL

 

O consultor de esquadrias é um profissional especializado, dedicado ao estudo das normas técnicas, conhecimento de novas tecnologias e aos lançamentos de novos sistemas. Ele também participa dos comitês de normas buscando a melhoria do setor. Maria Tereza F. Godoy, da Arqmate, é uma das consultoras ligadas ao Sistema de Qualificação de Consultores de Esquadrias (SQCE) no nível ouro. 

 

Em entrevista à AFEAL, ela revela a importância do SQCE para o mercado. “Não teremos mais espaço para o amadorismo, e o sistema permite a adequação das empresas projetistas ao longo da certificação. Ele avalia toda gestão da empresa, desde a sua formalização como: legalização, possuir software original, sistemas de gestão que faça o acompanhamento dos processos, profissionais qualificados, manter as normas atualizadas na empresa, atuação dos profissionais no desenvolvimento do mercado etc. Além do mais, a certificação garante ao contratante toda essa formalização, tranquilidade, qualificação e gestão, fundamentais para o desenvolvimento de um projeto com qualidade”.

 

MUDANÇAS EM CURSO NA CONSTRUÇÃO

 

Maria Teresa diz ainda que, com um mercado cada vez mais dinâmico, a boa preparação dos profissionais envolvidos no projeto é essencial. “Ocorreram grandes mudanças e elas vão continuar acontecendo. Iniciaram-se com as exigências maiores no cumprimento das normas técnicas, depois o design com as esquadrias minimalistas, eficiência energética com o uso de vidros especiais, agora discutimos sustentabilidade, incorporadoras e construtoras compensando suas emissões de carbono. Nós consultores de esquadrias temos que acompanhar todas essas mudanças”.

 

Para ela a atuação de um consultor pode melhorar os resultados na obra e evitar imprevistos.

 

PROJETOS COMPATÍVEIS

 

“É possível acertar na escolha de sistemas homologados e já saber a expectativa de desempenho do produto, eliminando surpresas na obra. No processo de projeto, durante a compatibilização com as demais especialidades por exemplo: estrutura, impermeabilização, bombeiros, acústica, podemos otimizar custos sempre com a segurança de que estamos atendendo as normas técnicas”, explica Maria Teresa.

 

O projeto do empreendimento como um todo já está compatibilizado para a instalação da esquadria, não sendo necessárias adaptações no caixilho ou na obra na fase de instalação. “Quando essa compatibilização da esquadria com a edificação não é feita na fase de projeto arquitetônico, as soluções na fase de obra nem sempre são as mais adequadas, podendo ter maior custo”, finaliza.

 

Fonte: AFEAL

 

 

 

Please reload

Publicidade:
banner_saie.gif
banner_premiomarca.gif

Tel: +55 (11) 5539-3200