FACHADAS VENTILADAS

25/8/2017

Nos dias de hoje, a arquitetura entende que a fachada não é uma mera integrante que agrega valor estético a um projeto. A fachada exerce papel importante na proteção dos componentes estruturais, no nível de insolação que interfere nos ambientes internos e também na economia de energia de um edifício. Pensar no tipo de fachada mais adequado para cada projeto é fundamental para contribuir para uma maior eficiência, tanto estrutural como energética.

 

Uma opção que tem sido muito usada é a fachada ventilada. Uma solução com muitas vantagens em revestir construções. A fachada ventilada é sustentada com elementos de encaixe mecânico, onde as cargas estruturais são transferidas ao suporte por meio das conexões entre o material do revestimento e a estrutura, criando uma superfície firme e segura.

 

Elas possuem várias vantagens, como a troca constante de ar dos espaços internos, por meio do sistema de juntas abertas. Este sistema permite que o vão entre as placas não receba vedação total nas aberturas, possibilitando a renovação do ar.

 

Assim como a base da estrutura precisa ser de qualidade, o material a ser usado na fachada deve cumprir as exigências de resistência às ações do tempo, isolamento térmico e acústico, baixa umidade e ter grandes formatos.

 

Um bom exemplo de projeto com fachada ventilada é o retrofit do edifício Cap Ferrat, no Rio de Janeiro. Construído há mais de 30 anos, o Cap Ferrat precisava renovar a fachada, que estava deteriorada devido às intempéries e à maresia.
 

 

Fonte: Dekton

 

Please reload

Publicidade:
banner_saie.gif
banner_premiomarca.gif

Tel: +55 (11) 5539-3200