top of page

TENDÊNCIAS PARA ARQUITETOS E DESIGNERS QUE VÃO IMPULSIONAR OS PROJETOS EM 2023

*Por Eduardo Lazzuri, diretor da unidade de negócios de design e engenharia da Ax4B, organização que se especializou em soluções de tecnologia


Reprodução: Gazeta Norte Mineira

Com os avanços tecnológicos surgem novas soluções para um mercado mais produtivo e lucrativo, gerando mudanças e a adoção de novos comportamentos e, um dos setores que vêm absorvendo, cada vez mais, é a arquitetura, segundo a Arch Trends Portobello, consultoria de tendências em arquitetura e design.


Conforme a pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) e da consultoria Gartner, para cada 1% investido em inovações tecnológicas, o lucro da empresa aumenta 7% após dois anos. E revelam que as empresas vêm mantendo investimentos na área tecnológica em torno de 7,7% da receita líquida, independentemente do cenário econômico.


Em um cenário onde a inovação é um constante, aprender, conhecer e saber é fundamental para as empresas avançarem no mercado e alcançarem cada vez mais resultados expressivos e propositivos. Ao falarmos do ano de 2023, podemos apontar caminhos cada vez mais personalizados e sustentáveis, com olhar voltado para projetos automatizados e economicamente viáveis. Abaixo destaco seis das principais tendências para designers e arquitetos.


PROJETOS DE SUSTENTABILIDADE


Desenvolver projetos que contemplem a sustentabilidade, como materiais ecológicos e fontes de energia renováveis, será cada vez mais importante nos próximos anos.


INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL


O uso da Inteligência Artificial para criar designs personalizados e dinâmicos ajudará a tornar os projetos mais eficientes e eficazes para os clientes.


EXPERIÊNCIAS IMERSIVAS


Hoje, está cada vez mais popular para os designers e arquitetos desenvolverem ambientes mais imersivos e interativos para aqueles que os utilizam. Esta experiência de se ver e se sentir dentro de uma criação oferece uma maior compreensão e engajamento com os usuários.


DESIGN RESPONSIVO


Com a tecnologia avançando e melhorando seus hardwares e softwares, as interações entre usuários e suas criações se tornaram mais complexas. Assim, o design responsivo veio para permitir que os designers e arquitetos criem interfaces que respondam de forma adequada a qualquer dispositivo, tamanho de tela, plataforma e língua.

Eduardo Lazzuri. Reprodução: Assessoria Triwi

PROCESSOS DE CRIAÇÃO AUTOMATIZADOS


Implementar processos automatizados permite que designers e arquitetos gerenciem seus projetos de forma ainda mais eficaz e economizem tempo ao se comunicar com seus clientes.


DESIGN INCLUSIVO


O design inclusivo permite que todos possam ter a mesma oportunidade de viver e trabalhar em ambientes criados para todos. Assim, designers e arquitetos possuem um papel muito importante ao tornarem seus projetos acessíveis a todos somente adaptando-os com elementos e recursos específicos.


Fonte: Assessoria Triwi


Comentários


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page