top of page

ESPECIFICADORES E CONSULTORES: OBJETIVOS, RESPONSABILIDADES E ESTRATÉGIAS

José Carlos Cattel, diretor da Ilummini Planejamento Estratégico e Gestão e colunista da Revista Contramarco, comenta sobre a função destes profissionais


*Por Emanuelle Ormiga, sob supervisão da profissional habilitada Stephanie Fazio


Reprodução: Euax

O consultor e o especificador de esquadrias desempenham um papel fundamental junto ao setor, pois, em diversos projetos, são responsáveis por identificar, dimensionar, selecionar e especificar os tipos adequados de esquadrias – como portas, janelas e fachadas do tipo stick, grid, unitizada, entre outras – para projetos de construção.


Esses profissionais também acumulam o papel de acompanhar a execução da obra contribuindo para que o produto final entregue esteja em concordância com o projeto idealizado para uma determinada edificação. Seu principal objetivo é garantir que as esquadrias atendam às necessidades do projeto em termos de custo planejado, funcionalidade, desempenho, estética e conformidade com as normas e regulamentos aplicáveis.


Embora as funções de consultor e especificador de esquadrias possam se sobrepor em alguns aspectos, existem diferenças significativas entre esses dois papéis. Cattel explora cada um deles:

  • Consultor de Esquadrias

Um consultor de esquadrias é um profissional especializado que fornece orientação e expertise técnica aos clientes durante o processo de seleção, especificação, produção e instalação das esquadrias. Seu principal objetivo é auxiliar na tomada de decisões informadas, considerando as necessidades, requisitos e expectativas do cliente, bem como as melhores práticas da indústria. Entre as responsabilidades de um consultor de esquadrias, estão:


- Análise de requisitos: Trabalha em estreita colaboração com o cliente para compreender as necessidades e requisitos específicos do projeto. Isso envolve a avaliação de aspectos como desempenho, estética, sustentabilidade, custo e regulamentações aplicáveis;


- Recomendações técnicas: Com base na análise dos requisitos, oferece recomendações técnicas sobre os tipos de esquadrias mais adequados para o projeto. Isso inclui considerações sobre materiais, acabamentos, tipos de abertura, vidros, sistemas de vedação, acessórios e outros elementos relacionados às esquadrias;


- Estudo de viabilidade: Pode-se realizar estudos de viabilidade para determinar a adequação técnica e econômica das opções de esquadrias. Isso pode envolver análises de custo-benefício, estimativas de desempenho energético, simulações computacionais, entre outros aspectos;


- Pesquisa de mercado: Mantém-se atualizado sobre as tendências do mercado, novas tecnologias, normas e regulamentos relacionados às esquadrias. Isso permite que ele forneça informações atualizadas e ajude na identificação das melhores soluções disponíveis no mercado.

  • Especificador de Esquadrias

O especificador de esquadrias é responsável por traduzir as escolhas e requisitos definidos pelo cliente e pelo consultor em especificações técnicas detalhadas para os fornecedores e fabricantes de esquadrias. Sua função é garantir que todas as especificações sejam corretamente comunicadas e documentadas, atendendo aos critérios técnicos, estéticos e normativos definidos para o projeto. Entre as responsabilidades de um especificador de esquadrias, estão:


- Documentação técnica: Prepara documentos técnicos, como planilhas de especificação, desenhos detalhados, listas de materiais e outros documentos relevantes que descrevem com precisão as características e requisitos das esquadrias para a fabricação e instalação;


- Coordenação com fornecedores: Trabalha em colaboração com os fornecedores e fabricantes de esquadrias, fornecendo todas as informações necessárias para a produção e aquisição das esquadrias. Isso inclui a revisão de propostas, a verificação de conformidade com as especificações e o esclarecimento de dúvidas técnicas;


- Garantia de conformidade: Assegura que as esquadrias fornecidas estejam em conformidade com as especificações e requisitos definidos para o projeto. Ele pode realizar inspeções, testes ou revisões documentais para garantir que os produtos atendam aos padrões de qualidade e desempenho exigidos.


É importante ressaltar que, em alguns casos, uma mesma pessoa pode desempenhar as funções de consultor e especificador de esquadrias, especialmente em projetos menores ou quando a expertise técnica é abrangente. No entanto, em projetos complexos ou de maior escala, é comum haver uma divisão de responsabilidades entre esses dois papéis, com o consultor orientando as escolhas e o especificador traduzindo essas escolhas em especificações técnicas.


QUALIFICAÇÕES NECESSÁRIAS


Em termos de qualificações necessárias, um excelente especificador ou consultor de esquadrias geralmente possui:


- Conhecimento técnico - É fundamental possuir formação técnica superior e ter conhecimento sólido sobre diferentes tipos de esquadrias, resistências dos materiais, sistemas de abertura, desempenho térmico e acústico, normas técnicas e regulamentações relacionadas. Esse conhecimento permite uma seleção adequada das esquadrias e a elaboração de especificações precisas;


- Experiência na área - Experiência prévia em projetos de construção, arquitetura, engenharia ou áreas relacionadas é altamente valorizada. A familiaridade com os desafios práticos da especificação e instalação de esquadrias em diferentes contextos pode ajudar o profissional a tomar decisões mais assertivas;


- Habilidades de comunicação - Um bom especificador deve ser capaz de se comunicar efetivamente com arquitetos, engenheiros, construtoras e fornecedores. Isso inclui a capacidade de entender as necessidades do projeto, transmitir informações técnicas de forma clara e concisa e colaborar com os demais membros da equipe;


- Atualização constante - Dado que a indústria de esquadrias está em constante evolução, é essencial que um especificador se mantenha atualizado sobre as novas tecnologias, sistemas de perfis, materiais técnicos, normas e tendências do mercado através da participação em cursos, conferências, feiras do setor e leitura de publicações especializadas;


- Organização - Além disso, este profissional deve ser organizado, atento aos detalhes, ter habilidades de resolução de problemas e ser capaz de lidar com prazos e pressões de tempo.


Essas qualidades contribuem para um desempenho excelente ao trabalhar em colaboração com construtoras e demais profissionais envolvidos nos projetos de construção.


COMO IDENTIFICAR AS ESTRATÉGIAS MAIS ADEQUADAS A CADA PROJETO?


Uma das formas que o diretor menciona é através da análise detalhada do projeto arquitetônico, compreendendo a funcionalidade e as necessidades específicas de cada ambiente considerando os elementos como a orientação solar, a ventilação, a iluminação natural, a vista panorâmica e as restrições estéticas.


Também faz parte analisar os requisitos de desempenho das esquadrias, levando em consideração fatores como isolamento térmico, isolamento acústico, resistência à água, permeabilidade ao ar, segurança e durabilidade. Esses critérios podem variar dependendo das características climáticas da região e do tipo de edificação, topografia, etc.


Além disso, deve-se considerar os diferentes tipos de abertura disponíveis, como janelas de correr, janelas basculantes, janelas de abrir, janelas pivotantes, entre outras. Cada tipo de abertura tem suas vantagens e desvantagens em termos de funcionalidade, ventilação, segurança e estética. Selecione o tipo de abertura mais adequado para cada ambiente e sua finalidade.


A escolha do material das esquadrias de acordo com os requisitos estéticos, durabilidade, manutenção, custo e sustentabilidade será fundamental para a especificação de um bom projeto, pois cada um deles oferece condições específicas para as características de resistência, isolamento térmico, manutenção e acabamento final.


O tipo de vidro a ser utilizado nas esquadrias, levando-se em conta a segurança quanto a esforços, o isolamento térmico, acústico, o custo dos materiais e a proteção solar são fatores fundamentais para o sucesso de um projeto de esquadrias. Vidros duplos (insulados) ou triplos podem ser usados para melhorar o isolamento térmico e acústico. Vidros refletivos ou com tratamento Low-E (baixa emissividade) ajudam a controlar a entrada de calor e os raios UV.


As normas e regulamentos técnicos aplicáveis à especificação de esquadrias em sua região são requisitos obrigatórios a serem respeitados em um projeto e nós da Ilummini podemos citar algumas delas tais como: ABNT NBR 10821, ABNT NBR 10820 e ABNT NBR 15575.


Cada projeto é único e a escolha das estratégias adequadas de especificação de esquadrias deve ser feita levando em consideração as características específicas do projeto, as necessidades dos usuários, as regulamentações aplicáveis e o orçamento disponível.


A IMPORTÂNCIA DA APROXIMAÇÃO ENTRE OS VIDRACEIROS E OS SERRALHEIROS DOS ESPECIFICADORES PARA UM PROJETO


Nós, consultores da Ilummini, entendemos que a proximidade e o trabalho conjunto entre a indústria de esquadrias e consultores, assim como os vidraceiros e consultores de esquadrias são de extrema importância para garantir a qualidade e o sucesso de um projeto. Essa colaboração traz benefícios significativos, tais como:


- A proximidade física e a interação direta entre os profissionais facilitam a comunicação e o compartilhamento de informações importantes. Os serralheiros e vidraceiros podem trocar informações técnicas com os consultores de esquadrias, esclarecer dúvidas e discutir os detalhes do projeto de forma mais ágil e eficiente;


- Os profissionais da indústria de esquadrias possuem um conhecimento técnico e prático especializado sobre a fabricação, instalação e aplicação das esquadrias e vidros. Trabalhando próximos aos consultores de esquadrias, eles podem contribuir com insights valiosos sobre as particularidades do processo, sugerir soluções técnicas viáveis e identificar possíveis desafios ou limitações práticas;


- A colaboração entre os profissionais envolvidos no processo de especificação e instalação das esquadrias ajuda a garantir que todas as partes estejam alinhadas em relação às expectativas do projeto. O trabalho conjunto permite que os consultores de esquadrias compartilhem os requisitos técnicos e estéticos de forma clara e compreensível para os serralheiros e vidraceiros, evitando equívocos e garantindo que o produto final atenda às expectativas do cliente;


- Durante a execução do projeto, podem surgir imprevistos ou necessidades de adaptação. A proximidade entre os profissionais envolvidos no projeto facilita a resolução de problemas de forma colaborativa e rápida. O trabalho em equipe permite que sejam encontradas soluções eficientes para eventuais desafios, evitando atrasos e garantindo a qualidade do trabalho realizado.


José Carlos Cattel. Reprodução: Linkedin

COMO SE APROXIMAR E MANTER CONTATO COM UM ESPECIFICADOR?


Há várias maneiras de se manter em contato com os consultores do nosso setor, tais como: através da interação pelas redes sociais; participação em eventos do setor como feiras, exposições nacionais e internacionais; conferências relacionadas à construção, arquitetura e esquadrias; compartilhando conhecimento através de blogs, artigos e redes sociais demonstrando experiência sobre o tema; e através do contato promovido entre a indústria de esquadrias e os consultores.


Comments


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page