top of page

DESAFIOS DAS ESQUADRIAS EM REGIÕES LITORÂNEAS

Ieda e Carina Korman, à frente da Korman Arquitetos, trazem as principais orientações e indicações de materiais resistentes à maresia


Projetos da Korman Arquitetos na Riviera de São Lourenço, no Guarujá e com décor praiano/Fotos: Gui Morelli e Eduardo Pozella


Abrir a janela e se deparar com o mar e o horizonte é uma experiência desejada por muitos. Além da paisagem, é importante notar também as condições da esquadria, que necessitam de cuidados desde o momento da escolha, devido à ação da maresia.


“Deve-se optar por materiais apropriados, esquadrias de alumínio ou PVC, que são resistentes à corrosão e se adaptam melhor à maresia. O alumínio é naturalmente resistente à corrosão, durável e versátil no design, sendo um ótimo acabamento. Já o PVC tem um isolamento térmico e acústico superior ao alumínio, além de possuir mais cores e ser confortável em altas temperaturas. Ambos não precisam de manutenção frequente”, diz Ieda Korman, arquiteta à frente da Korman Arquitetos. No caso das fachadas, o revestimento precisa ter tratamento de superfície resistente à corrosão, acrescenta.


A manutenção em dia, drenagem projetada para evitar a entrada de água salgada nos elementos estruturais e ventilação adequada para minimizar o acúmulo de umidade no interior do edifício são ações precativas que devem ser adotadas, segundo Carina Korman, arquiteta à frente da Korman Arquitetos.


As profissionais afirmam que a construção civil em cidades litorâneas enfrenta desafios singulares relacionados às condições climáticas e à maresia, diferente de um imóvel na cidade, a maresia causa a corrosão de estruturas metálicas, como vigas, e danifica revestimentos e pinturas com mais facilidade, sendo preferível usar materiais resistentes à salinidade e a aplicação de proteções adequadas.


“É importante considerar eventos climáticos extremos e formular um planejamento estrutural adequado, resistente principalmente a fortes ventanias. A caixilharia, assim como as demais estruturas devem ser verificadas regularmente, pois a mudança do tempo é grande e isto pode comprometê-las. Outro fator são as marés, é necessário verificar o monitoramento, pois há casos onde a maré tem invadido a praia”, lembra Ieda. “Burocraticamente falando, a documentação tem que estar em ordem tanto na prefeitura quanto com a Marinha”, acrescenta Carina.


VIDRO CURVO NA FACHADA


Esteticamente elegantes para fachadas, são feitos sob medida, além de criarem movimento, minimizam o reflexo, são ótimos isolantes térmicos e acústicos. Para áreas no litoral, a forma curva dos vidros os torna mais resistentes a ventos fortes e pressões atmosféricas, mas eles precisam ser vidros temperados para terem maior duração. À exposição das condições climáticas de praia em vidro comum os deixam embaçados, de acordo com as arquitetas.


Alguns materiais não são recomendados para regiões litorâneas, segundo as profissionais, são eles: vidro comum: à exposição deixa o vidro embaçado, as opções são o vidro temperado ou vidro laminado; metal não inoxidável: como latão ou cobre, podem manchar e corroer na presença da maresia. Ferro, alumínio e aço sem tratamento também são suscetíveis à corrosão e podem prejudicar a construção; madeira não tratada: pode apodrecer e deteriorar mais rapidamente em um ambiente úmido e salgado, as opções são madeiras naturalmente resistentes à umidade, como cedro ou teca.


“No caso dos revestimentos, nós indicamos os cerâmicas e porcelanatos para o piso, pois são laváveis e aguentam bem a umidade e a maresia do litoral. O uso de pedras naturais também são uma opção, mas elas requerem mais cuidado na limpeza e por serem porosas sujam com mais facilidade. A construção que envolve móveis planejados em casas litorâneas também exige atenção especial, para a composição dos armários, melhor optar pelo MDF náutico, que suporta a umidade, ou madeira maciça. Recomendamos deixar os planejados afastados do piso e que sejam suspensos ou sobre bases de alvenaria”, orientam.

V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page