top of page

COPA DO MUNDO: ACÚSTICA EM BARES E RESTAURANTES COM TRANSMISSÃO AO VIVO DOS JOGOS

Saint-Gobain explica como os locais impactam diretamente na experiência do cliente e no desempenho dos funcionários


Reprodução: Casa e Jardim - Globo

De acordo com a fornecedora de soluções para obras, existem diversas formas de controlar e reduzir o ruído no interior dos restaurantes e bares, garantindo conforto sonoro e segurança não só para os frequentadores e funcionários, quanto para os vizinhos. Sendo assim, é possível escolher materiais que tragam resultado acústico e que combinem com o design do ambiente, tornando o local ainda mais atrativo.


O cenário é otimista para receber um número ainda maior de público nos estabelecimentos neste final de ano devido à Copa do Mundo. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), é esperado um crescimento de até 30% da demanda no setor e, se o Brasil avançar na competição, essa porcentagem pode aumentar.


A disposição do ambiente de bares e restaurantes pode influenciar diretamente nas vendas e conforto dos usuários. Além de telões e televisores distribuídos nos ambientes, o investimento no sistema de tratamento acústico se torna essencial.


“Quando estamos em um momento de lazer em um ambiente que não tem uma acústica adequada, você nem quer permanecer ali. Todo o processo de curtição do momento acaba sendo prejudicado, tornando a experiência menos prazerosa”, comenta Claudia Pigoretti, gerente de especificação da Saint-Gobain.


Mas é importante frisar que, para cada necessidade acústica, é necessário um estudo e adequação de toda a arquitetura do espaço para tornar o ambiente agradável e com a efetividade acústica desejada. No caso das transmissões dos jogos, é esperado que naturalmente a torcida comemore e faça bastante barulho, mas principalmente nos momentos de concentração da transmissão, a boa acústica ajuda a garantir o entendimento do jogo, além do conforto.


De acordo com Débora Barretto, diretora técnica e presidente executiva da Audium, Autoridade em Acústica, a forma arquitetônica e a volumetria influenciam no comportamento sonoro do ambiente. “Mesmo com o uso de materiais indicados para uma performance acústica, como a lã de vidro e o gesso cartonado perfurado, é preciso fazer o estudo e o cálculo de como serão aplicados, pois se utilizados de forma errada, não apresentarão conforto acústico”, explica a especialista.


Alguns produtos como os painéis e forros acústicos podem proporcionar ótima solução para melhorar a inteligibilidade do som, reduzindo a sensação de eco no ambiente, garantindo que todos recebam os sons de forma clara e precisa.


Fonte: Saint-Gobain/JeffreyGroup


コメント


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page