top of page

ADIVIPAR ANUNCIA DIRETORIA PARA O BIÊNIO 2024-2025

Samuel Baer Yamashita assume a presidência ao lado dos vice-presidentes Camille da Silva Jacinto e Marcelo Duarte de Melo, a apresentação aconteceu durante evento em Maringá (PR)


Samuel Baer Yamashita, presidente da Adivipar/Divulgação


No último dia 19 de abril, a Associação dos Distribuidores e Processadores de Vidros do Paraná (Adivipar) promoveu um evento de anúncio aos associados e ao mercado vidreiro dos membros da nova diretoria da associação para o biênio 2024-2025, a equipe CONTRAMARCO esteve presente no encontro, em Maringá (PR). Samuel Baer Yamashita assume a presidência ao lado dos vice-presidentes Camille da Silva Jacinto e Marcelo Duarte de Melo.


“Os nossos planos à frente da presidência da Adivipar são continuar levando capacitação para todos os elos da cadeia produtiva do vidro, trabalhar incessantemente em prol do aumento de demanda e criar consciência do mal que a informalidade causa no mercado vidreiro”, afirma Yamashita.


O vidro é um elemento milenar e nunca foi substituído devido à sua versatilidade, sustentabilidade, segurança, resistência e custo-benefício, segundo o presidente. “Atualmente, a indústria vidreira tem uma capacidade produtiva maior que a demanda, portanto temos muito trabalho pela frente junto aos especificadores para ampliar as possibilidades de aplicação desse material”, analisa. 


Nas fotos: Samuel Baer Yamashita ao lado de Lucas Bremm Oliveira, ex-presidente da Adivipar e diretor da Mary Art Vidros; da esquerda para a direita: Samir Cardoso, diretor da Personal Glass, Rubens Rodrigues, gerente operacional do GRUPO CONTRAMARCO, e Luis Tavares, diretor do GRUPO CONTRAMARCO/Divulgação


Em sua visão, a indústria do vidro está constantemente inovando, desenvolvendo novas tecnologias e produtos para atender às demandas do mercado. “Tendências como vidros inteligentes, que promovem o conforto termo-acústico e os fotovoltaicos estão ganhando destaque como soluções inovadoras para aplicações na construção civil”, aponta Yamashita sobre as tendências de utilização do material na construção civil.


De acordo com o presidente, feiras como a FESQUA e o SAIE VETRO desempenham um papel multifacetado no segmento vidreiro, oferecendo um ambiente propício para networking, exposição de produtos, aprendizado, criação de demanda e obtenção de feedback dos clientes. “A contribuição desse tipo de iniciativa é imensurável para o nosso segmento. Agradecemos muito por iniciativas como essas que fomentam o mercado e são fontes ricas de inovações”, destaca.


SOBRE A ADIVIPAR


A associação nasceu da necessidade de fomentar uma consciência coletiva em todos os elos da cadeia produtiva do vidro, promovendo uma compreensão mais profunda acerca da igualdade de competição, da justiça, do respeito e da solidariedade entre os players do segmento vidreiro. Em duas décadas de trabalho, a Adivipar atuou pautada nesses valores, buscando uma transformação positiva do mercado, para que todos pudessem se beneficiar. 


“Ao longo desses anos, realizamos inúmeros treinamentos de capacitação para os vidraceiros, caixilheiros, especificadores, temperadores e distribuidores. Realizamos o primeiro encontro de mulheres vidreiras, em 2023, na cidade de Foz do Iguaçu, reconhecendo o valor do empreendedorismo feminino. Junto à Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro), apoiamos todas as pesquisas de mercado que fornecem informações importantes para os associados e possibilita a eles uma tomada de decisão mais assertiva para os seus negócios. Além disso, a Adivipar promove regularmente ambientes para o networking”, conta Yamashita.


コメント


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page