top of page

A IMPORTÂNCIA DA SERRALHERIA NA INSTALAÇÃO DE PAINÉIS SOLARES

Atualizado: 14 de jun. de 2023

Especialistas da Boltinox, Hydro e Inox-Par comentam sobre os benefícios e instalação dos painéis solares


*Por Emanuelle Ormiga, sob supervisão da profissional habilitada Stephanie Fazio


Reprodução: Absolar

A serralheria tem uma relação com a energia solar de diversas maneiras, um desses vínculos é por meio da fabricação de sistemas de fixação, que são utilizados em sistemas de energia solar como suportes para painéis solares, por exemplo, de acordo com Edson Fim, consultor de vendas da Hydro Extrusão, especialista nas indústrias do alumínio e energia.


“Tudo que ancora energia solar contempla materiais provenientes do alumínio e do aço. Uma vez que isso ocorre, a adequação do projeto, o corte, o furo, a estampa, são partes dos profissionais da serralheria, então o especialista é uma boa opção para adequar esses projetos”, explica Eduardo Lopes, sócio fundador da Inox-Par, fabricante de fixadores.


Para Ronald Spilborghs, diretor da Boltinox, empresa de comercialização de fixadores, existem vários métodos de instalação de painéis solares, sendo os mais populares montados em postes e telhados. “Para aplicações domésticas, a maioria dos painéis solares são instalados em telhados que recebem o máximo de horas de sol por dia, durante todo o ano. A inclinação do painel é o aspecto mais importante depois de escolhido o local”, comenta. Além disso, menciona que a serralheria pode estar relacionada também por meio da fabricação de componentes e peças, como abraçadeiras e suportes utilizados no sistema.


MATERIAIS PARA INSTALAÇÃO


Spilborghs afirma que, seja qual for o método de instalação que o cliente optar, a qualidade dos fixadores de painéis devem atender às exigências de resistência mecânica e de corrosão. “Deve-se certificar de que o integrador use apenas os fixadores de aço inoxidável, considerando as condições extremas que os painéis são expostos. O uso desses componentes, de alta qualidade, aumentará a estabilidade e a longevidade da instalação”, completa.

Reprodução: Boltinox

Os painéis solares geralmente são compostos do painel fotovoltaico montado em uma estrutura de alumínio, que ajuda a protegê-lo do ambiente externo e permite que o painel seja fixado em um suporte adequado, explica Edson. “Os fixadores são elementos fundamentais para garantir a estabilidade e segurança da estrutura que suporta os painéis solares. Eles, geralmente, são projetados para fixar as estruturas de alumínio dos painéis solares em telhados metálicos, cerâmicas, fibrocimento ou laje.”


O sócio fundador da Inox-Par menciona que a empresa possui fixadores para cada tipo de telhado, que foram desenvolvidos ao longo do tempo, e tropicalizam parte dos produtos. No Brasil, Lopes explica que pela agressão da névoa salina e dos ventos, classificados por isopleta, o fixador requer um grau de exigência diferente. Na Europa, por exemplo, onde as exigências mecânicas são diferentes do Brasil, uma vez que tem neve, acaba exigindo mais dos fixadores.


BENEFÍCIOS DA ENERGIA SOLAR


Para o consultor de vendas da Hydro, a energia solar traz diversos benefícios aos clientes que optam por investir em um sistema para suas residências ou empresas. Entre os principais, pode-se destacar a economia financeira, a baixa manutenção, a valorização do imóvel e a sustentabilidade ambiental.


“Se a energia solar é um bom negócio vai depender de diversos fatores, como: o preço da eletricidade na região em que o consumidor está localizado; o custo de instalação do sistema; e o tamanho do sistema necessário para atender às necessidades do cliente”, afirma Edson. No entanto, explica que a tendência é que a energia solar se torne cada vez mais acessível e competitiva em relação às fontes tradicionais de energia elétrica, tornando-se um negócio promissor e com grande potencial de crescimento.


Segundo Lopes, partindo do princípio que necessitamos da energia para qualquer coisa nos dias atuais, a energia solar, por ser originária de uma fonte limpa e sustentável, tem se tornado interessante não só para os clientes, mas para os profissionais também, além de ter um custo-benefício cada vez melhor.


NORMAS


A norma técnica que estabelece os requisitos de projeto das instalações elétricas de arranjos fotovoltaicos é a NBR 16690:2018 – Sistemas fotovoltaicos - Requisitos mínimos para sistemas conectados à rede elétrica. “Essa norma define os requisitos para o projeto, instalação, operação, manutenção e inspeção de sistemas fotovoltaicos (FV) conectados à rede elétrica de distribuição, que geram energia elétrica a partir da energia solar”, afirma o consultor de vendas da Hydro.


“A norma para fixação das placas fotovoltaicas está sendo elaborada, baseada na norma NBR 6123 – Forças devidas ao vento em edificações, que define os parâmetros de cálculo para o projeto de equipamentos e estrutura que estão sujeitos às forças do vento”, completa Edson.


Lopes diz que a Inox-Par está fazendo parte da comissão da norma que está sendo discutida. “Estamos na direção presidindo com o nosso engenheiro Thiago Bongiovanni e toda a nossa equipe de engenharia para contribuir com o segmento da energia solar, que acompanha também a engenharia elétrica, eletrônica e metálica. As normas específicas estão sendo construídas, mas todas as instalações que ocorrem hoje no Brasil estão embasadas na engenharia elétrica, eletrônica e civil e é desta forma que contribuímos com o segmento da energia fotovoltaica”.


QUAL A ORIENTAÇÃO PARA O TRABALHO DO SERRALHEIRO NA INSTALAÇÃO DOS PAINÉIS?


Para Edson, o trabalho do serralheiro na instalação dos painéis solares é fundamental para garantir a estabilidade e a segurança do sistema de energia solar. “Algumas orientações importantes são: verificar o projeto do sistema; utilizar materiais de qualidade; e fixar corretamente os painéis. Além disso, o serralheiro deve seguir as instruções do fabricante dos painéis e dos fixadores e respeitar as normas técnicas”, finaliza.


A Inox-Par é associada da Associação Brasileira da Geração Distribuída (ABGD), Lopes é diretor da indústria da ABGD nível Brasil, onde auxiliam o serralheiro que queira se capacitar para trabalhar mais com a energia solar. “A orientação que sugerimos para os nossos serralheiros é que primeiro busquem informações e capacitações e, nesse sentido, nós da Inox-Par, abrimos esse espaço”, encerra o sócio fundador.



Para mais informações, acesse: www.boltinox.com.br , www.hydro.com e www.inoxpar.com.br


Fonte: Bolt Inox, Hydro Extrusão e Inox-Par


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page