Buscar
  • Equipe Contramarco

A IMPORTÂNCIA DA ARQUITETURA NA RECUPERAÇÃO DA SAÚDE COLETIVA NO PÓS-PANDEMIA


Imagens: Escritório Hiperstudio/Assessoria Jacarandá Comunicação


Buscando desassociar os espaços de saúde a ambientes isoladores e propícios à contaminação, os arquitetos Matheus Marques e Ricardo Gonçalves, do Hiperstudio, criaram uma proposta que explora o conceito da arquitetura bioclimática na construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS). O projeto sugere uma associação entre o rigor funcional e a humanização dos espaços.


A qualidade ambiental dos espaços coletivos, sobretudo as salas de espera, são um dos elementos propostos pela dupla. Para o Hiperstudio, a iluminação e ventilação naturais são essenciais para a construção de ambientes mais humanos.


No eixo central do projeto foi proposto um pavilhão com espaços de espera livres e igualitários, entrepostos por pátios e jardins, evitando aglomerações e filas inapropriadas nessas áreas, para garantir uma maior dignidade e segurança no aguardo pelos atendimentos.


O projeto contou também com a inclusão de venezianas superiores na cobertura dos ambientes designados para os consultórios, oferecendo um excelente aproveitamento da iluminação natural, ao mesmo tempo em que cria um sistema de ventilação cruzada nas salas. A presença das claraboias no eixo central, permitindo a entrada de luz nos pátios e passagem de ventilação, garante mais um gesto de arquitetura bioclimática adequada ao clima quente de algumas cidades brasileiras, pois esses domos invertidos impedem a insolação direta ao mesmo tempo em que promovem a ventilação por efeito chaminé, onde todo ar quente é evacuado.


Outro propósito do projeto é deixar evidente a organização linear dos espaços, sem separação hierárquica, estimulando a criação de vínculo entre os profissionais da saúde e a comunidade.


O projeto foi apresentado e premiado em 2º lugar no concurso nacional de arquitetura promovido pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (CODHAB), em Brasília. O Hiperstudio foi vencedor de outros 20 projetos corporativos de arquitetura sustentável em 10 anos de atuação no mercado.


Fonte: Escritório Hiperstudio/Assessoria Jacarandá Comunicação

8 visualizações0 comentário