top of page

A DIRETORA: UM CONTINENTE SOB SUA CONDUÇÃO

Atualizado: 21 de mai. de 2021

Tônia Lima, diretora da Kömmerling da América do Sul, conta um pouco sobre sua carreira


Por Stephanie Fazio


Foto: Tônia Lima/Reprodução

Natural do Rio Grande do Sul, Tônia Lima iniciou sua trajetória na construção civil aos 26 anos. Após um convite do coordenador comercial de uma outra empresa ligada ao mercado de esquadrias de PVC, para olhar para as janelas de modo profissional, ela passou a trabalhar como vendedora do produto.


Ganhando experiência no ramo, Tônia conquistou o reconhecimento do mercado e, em 2014, passou a integrar a equipe da marca internacional Kömmerling, do grupo profine, sediado na Alemanha. Tempos depois, tornou-se diretora comercial de vendas.





Em 2017, formada em Administração, foi convidada para liderar a direção da empresa no Brasil — mais um desafio que aceitou, contando com o suporte dos colaboradores da marca e, inclusive, de Peter Mrosik, proprietário do grupo profine.


Três anos depois, veio uma nova e importante promoção: hoje, Tônia é a diretora da marca Kömmerling da América do Sul.


Segundo a executiva, ela e sua equipe atuam sempre com base nos princípios do grupo profine, transmitindo aos seus clientes, os fabricantes de esquadrias, as qualidades e a segurança necessárias para que todos possam traduzir isso aos seus clientes, os consumidores finais.


O conjunto de experiências vividas na área garantiram a Tônia conhecimentos da realidade do mercado das janelas, desde a concepção de um projeto arquitetônico e da obra em si até a aplicação desses produtos em uma edificação.


Para saber mais sobre essa bem-sucedida trajetória e sobre os bastidores da “família Kömmerling”, a equipe Contramarco realizou uma entrevista com a executiva. Acompanhe.


REVISTA CONTRAMARCO: Comente brevemente sobre a sua trajetória profissional na indústria de esquadrias.


TÔNIA LIMA: Antes de iniciar no mercado de janelas de PVC, eu já atuava no mundo da construção civil e por este motivo tive facilidade de migrar para um novo segmento dentro deste nicho.


A oportunidade que recebi de aprender e trabalhar com esquadrias de PVC me geraram grande conhecimento e expertise de base para atuar em todas as pontas do mercado. Conheci a realidade do mercado das janelas desde a concepção de um projeto arquitetônico, bem como a realidade de obra para aplicação desses produtos. Atuar dia a dia na base foi uma grande oportunidade e tenho isso como um diferencial profissional, principalmente para que hoje eu possa entender o mercado com a visão de um todo: saber o que o cliente final necessita como produto me dá segurança e a possibilidade de ir direto ao ponto. Sendo assim, junto do grupo profine consigo desenvolver e criar soluções certeiras, sejam no âmbito de produtos ou de serviços.


REVISTA CONTRAMARCO: Em 2017, você assumiu a direção da empresa, quais foram os maiores desafios dessa etapa?


TÔNIA LIMA: Ter a gestão de uma empresa já é um grande desafio, principalmente em um mercado instável economicamente e politicamente como o nosso. E dirigir uma empresa com uma marca como a Kömmerling tem um desafio por si só.


O que me deu segurança e tranquilidade em assumir a gestão foi, basicamente, me apoiar em três pontos específicos. O primeiro é meu perfil pessoal, me manter em constante aprendizado é uma característica que me ajuda muito, pois me vejo uma eterna aprendiz. Tenho coragem para assumir o que não sei e os pontos que preciso aperfeiçoar, sei destacar minhas habilidades e utilizá-las para beneficiar tanto minha equipe quanto os clientes.


Também destaco como segundo ponto que meus valores pessoais são congruentes com os princípios de atuação da Kömmerling, isso dá muita fluidez entre a empresa e a direção, pois sabemos que estamos indo para o mesmo destino, com limites muito bem definidos entre as margens de conduta para os produtos, clientes, colaboradores e o resultado da empresa.


E terceiro: conhecer a base! Saber o que o cliente final precisa como produto e serviços é importantíssimo! Então, eu tive muita clareza que com uma construção sólida de relacionamento poderia contribuir muito com nossos parceiros para gerar ainda mais negócios e expandir suas indústrias de maneira sustentável a longo prazo.


REVISTA CONTRAMARCO: O fato de ser mulher causou algum impacto ou dificuldade adicional ao assumir o novo cargo junto à equipe?


TÔNIA LIMA: Não. Tive uma grande aceitação por parte dos meus colegas, principalmente. Quando assumi, 90% da equipe eram homens e por serem profissionais, inteligentes, à frente da cultura e seres humanos incríveis, não passei por nenhuma situação desconfortável e de tamanho preconceito como sei que outras mulheres já passaram e passam no dia a dia.


Eles me deram muito suporte e apoio pois, além de serem homens, também estavam deixando de ser meus colegas do mesmo nível hierárquico para serem meus liderados. E mesmo com esses dois fatores, pude desenvolver meu trabalho com todo o apoio deles.


REVISTA CONTRAMARCO: Se possível, comente sobre a importância e a capacidade das mulheres em posições de comando nas empresas.


TÔNIA LIMA: Sei que ainda somos minorias. Em nosso mercado de esquadrias de PVC essa questão de gênero ainda se destaca muito para o gênero masculino. Não temos muitas mulheres, sei que estou fazendo uma frente importante para que outras possam ter uma referência e continuarem firmes em suas jornadas profissionais. Sei que minha trajetória pode servir de exemplo para quem quiser atuar desde a operação até o nível estratégico.


Dentro da própria Kömmerling, nos dias atuais, essa porcentagem já está mais equilibrada: 60% homens e 40% mulheres. A equidade de gênero no mercado de trabalho já é um caminho sem volta. Essa diversidade é comprovadamente um grande diferencial competitivo das empresas mais modernas, principalmente no que tange ao fator de eficiência, produtividade, criatividade, inovação, harmonia e qualidade em todos os aspectos de uma empresa.


REVISTA CONTRAMARCO: Em algumas publicações nas redes sociais percebemos que a “família Kömmerling” está sempre unida e engajada. Qual a importância dessa equipe para você? Como se dão os relacionamentos internos?


Fotos: Colaboradores Kömmerling/Reprodução


TÔNIA LIMA: Meu desenvolvimento como ser humano foi pautado pela metodologia do esporte, pois fui atleta por muitos anos. Esse espírito de time faz parte do meu modelo como ser humano e como profissional é uma característica forte na minha gestão ter este modelo de união. O mote “juntos somos mais fortes” para mim é real e tangível. Cada colaborador é único e tem suas habilidades destacadas perante os demais, porém, unindo essas habilidades construímos algo muito mais forte, consistente e sustentável para todos.


Assim é no dia a dia. Temos desafios, temos embates internos, porém todos os conflitos que temos é para que possamos sempre construir algo melhor ainda, tanto para a empresa como para cada profissional que se mantém em constante desenvolvimento. A sinergia da equipe com o lema do grupo profine “nunca estar parado, estar sempre em movimento” faz parte do engajamento e comportamento da equipe com a empresa e com os clientes.


REVISTA CONTRAMARCO: Em 2020, a Kömmerling mudou de sede, participou, juntamente com a Perfect PVC, de um projeto do ator Bruno Gagliasso, dentre outros diversos destaques. Já neste ano, o grupo profine recebeu a certificação “VinyPlus Product Label”, selo de sustentabilidade para produtos de construção em PVC. Quais novidades da marca e do grupo ainda estão por vir e podem ser adiantadas?


Fotos: Sede da Kömmerling em Osório (RS)/Reprodução


TÔNIA LIMA: Com a mudança de sede para Osório (RS), em um terreno de 50.000m², iniciamos a caminhada de uma nova e grande jornada. Desde essa importante decisão, toda a operação da profine Brasil se mantém focada em garantir o desenvolvimento dos parceiros fabricantes de esquadrias Kömmeling, bem como do mercado das janelas de PVC em toda a América do Sul.


Todas as contratações, parcerias, conquistas, lançamentos e decisões da profine Brasil tem como base os três pilares da marca Kömmeling, são eles: segurança, conforto e sustentabilidade. Por isso, todas as novidades que já foram divulgadas e as que ainda estão por vir possuem sinergia com a missão de tornar o mundo um lugar melhor para se viver. (#asuajanelaparaummundomelhor)


REVISTA CONTRAMARCO: Nas redes sociais notamos que a sua família sempre está muito presente no seu cotidiano pessoal. Descreva o seu dia a dia, relacionando trabalho e família.


TÔNIA LIMA: Resiliência é uma das minhas fortalezas como ser humano e profissional. Diversos desafios fizeram parte da minha trajetória de vida e sempre fui capaz de atravessá-los por causa de minha rede de apoio, que é minha família. Tenho-os como suporte e também como geradores de força para um presente e um futuro melhor. Devido à pandemia tive a oportunidade de usufruir melhor do convívio com eles, as viagens diminuíram drasticamente e assim pudemos manter convivências familiares que antes não eram tão possíveis por causa de minha ausência em casa. Ótimo período para estreitarmos ainda mais nossas relações e nos conhecermos melhor como indivíduos e como família.


REVISTA CONTRAMARCO: Para você, qual é o caminho para atingir o sucesso no segmento?


TÔNIA LIMA: Aceitar que a curva de crescimento do nosso mercado ainda é pequena perante os mercados europeus e que, com isso, é preciso ter consistência em transmitir ao cliente final os benefícios de uma janela de PVC, ser um transformador de mercado, atuar sempre de maneira sistêmica junto aos profissionais de arquitetura, engenharia, com os fabricantes de janelas, com a entidades de classe do setor e com fornecedores de insumos. Enfim, envolver toda a cadeia produtiva de janelas de PVC e ter clareza de que esse resultado se colherá a médio e longo prazo.


REVISTA CONTRAMARCO: Quais qualidades um bom administrador de empresas deve possuir?


TÔNIA LIMA: Ter visão sistêmica, ser um bom ouvinte, estudar mercados distintos do seu, acompanhar a nova geração em tecnologia e inovação. Ser verdadeiramente interessado pelo mercado no qual está atuando e no impacto que sua empresa proporciona à sociedade.

Comentarios


V&S Blog.jpg

 Receba notícias atualizadas no seu WhatsApp gratuitamente. 

bottom of page