VIDRO: DICAS PARA MANUSEAR, CARREGAR E DESCARREGAR

O trabalho requer cuidados desde o manuseio até o transporte.

Divulgação: Abravidro

1° Proteção: Os responsáveis devem utilizar equipamentos de segurança como: óculos, luvas anticorte, mangotes anticorte, bota com biqueira, capacete (quando as peças forem carregadas acima da altura da cabeça).

2° Carregamento: peças de tamanho médio ou grande precisam ser carregadas por, no mínimo, duas pessoas.

3° Cuidados com o vidro: Na hora de colocá-los no estoque ou no veículo de transporte, use intercalários (como papelão ou plástico bolha) entre a superfície de um vidro e a de outro. Essa prática evita o contato direto.

4° Transporte: Eles devem ser carregados no veículo sempre em pé, por ordem decrescente de tamanho: as maiores peças ficam encostadas no cavalete; em seguida, vêm os vidros médios; e por último, os menores. Eles devem ser muito bem travados e amarrados.

5° Amarração: Segundo a Resolução Nº 552 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a fixação do cavalete à carroceria do veículo deve ser feita com cintas têxteis, presas a pontos de amarração na parte metálica da carroceria ou no próprio chassi. Além disso, se a carroceria do veículo for aberta e houver espaço entre a carga e as guardas laterais, as cintas só podem ser presas a pontos de fixação que estejam do lado interno. Já na hora de amarrar os vidros nos cavaletes ou para prender lonas de proteção sobre a carga, o uso das cordas está liberado!