Buscar
  • anallt

CIMENTO E BATOM: LUGAR DE MULHER TAMBÉM É NO CANTEIRO DE OBRAS

Foi-se o tempo em que as mulheres precisavam da ajuda de homens até para trocarem uma simples lâmpada! Dominando cada vez mais o mercado de trabalho, elas chegaram com força aos canteiros de obras.

O aumento da procura por trabalhadores mais qualificados influencia no crescimento da oferta de trabalho, melhores salários, mais segurança e expansão de benefícios. Atualmente, construtoras, empreiteiras e empresas da área da construção civil estão interessadas em expandir a mão de obra feminina nos pelo diferencial que as mulheres incorporam ao trabalho. Em geral, mulheres são detalhistas e empregam atenção especial ao desenvolvimento e complemento das tarefas.

Hoje, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Revista Contramarco relembra uma de suas matérias que ganhou repercussão no ano de 2012 e ainda hoje merece destaque: ONG Mulheres em Construção.

Planejada e organizada pela arquiteta Maria Beatriz Kern, a ONGMulher em Construção é entidade do terceiro setor que forma mulheres para o mercado da construção civil. A ONG tem por objetivos:

  • desenvolver cursos de formação na área da construção civil para mulheres;

  • promover a autonomia, a cidadania e o empoderamento das mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica e de violência doméstica;

  • inserir as mulheres no mercado de trabalho predominantemente masculino, contribuindo assim para a redução da desigualdade e da discriminação de gênero no trabalho.

Mais informações sobre a ONG Mulheres em Construção: (51) 995.322.802 / (51) 980.300.193 / sejaparceiro@mulheremconstrucao.org.br / www.mulheremconstrucao.org.br

Confira a matéria completa da Revista Contramarco.

189 visualizações

Tel: +55 (11) 5539-3200