Edição nº150 jul/ago 2021

EM FOCO:
ALUSHOW, QUASE TRÊS DÉCADAS DE SUCESSO

4 Em Foco.jpg

Em um período particularmente difícil para todos os setores, com queda acentuada da demanda, elevação de custos e retração do crédito, coube às lideranças empresariais do País se empenhar ao máximo e dispor de muita criatividade para seguir crescendo. 

A Alushow é um dos casos de sucesso desse tempo de incertezas. Fundada em 1992 pela família que continua na direção da empresa, ao longo dos anos tornou-se a maior loja especializada no comércio de componentes e acessórios para esquadrias de alumínio do Rio de Janeiro. 

Essa longevidade tem alguns detalhes que parecem simples, mas são os pilares para que portas não apenas fiquem abertas, mas se alarguem, gerando empregos e oportunidades de negócios. 

Ao ser questionado sobre esse movimento no contrafluxo, Mauro Fagundes, diretor administrativo, cita alguns passos adotados durante os anos, tais como “as grandes parcerias com clientes e fornecedores, trabalho contínuo para alcançar serviços de qualidade, credibilidade, ousadia para implantação de novas tendências e um atendimento personalizado através de uma equipe que consegue unir amabilidade, carisma e profissionalismo”. 

Ele ainda salienta o investimento feito numa maciça campanha nas redes sociais, vendas online e marketing ativo para todo o País. “O Rio de Janeiro estava em profunda crise, financeira, política e social.

O caminho estava claro. Precisávamos alcançar lugares que antes não chegávamos, afinal o Brasil é imenso! Nessa imensidão há muitas oportunidades de crescimento”, declara o administrador da Alushow, que enviou à Contramarco informações sobre as atividades da empresa e o desempenho bem-sucedido.

Contramarco — Há quase dez anos a sua empresa vem fazendo investimentos constantes não apenas para aquisição de componentes para esquadrias de alumínio, insumos e ferramentas, como um bom distribuidor deve fazer. Observamos ações especiais na importação desses componentes com intuito de a Alushow ser ainda mais competitiva, sem falar na criação do sistema de esquadrias EuroShow praticamente sem capital externo e que hoje está consolidado, sendo aplicado amplamente em todo o País. O que gostaria de nos apresentar como destaque dentre suas muitas novidades?

Mauro Fagundes — Buscamos estar atentos aos que nos cercam e ao mercado de forma geral e isso vem nos direcionando. Consideramos de extrema importância dialogar com nossos pares e acompanhar as tendências. Muitas de nossas iniciativas nascem dessa forma. Para caminhar por lugares novos é preciso muito trabalho, coragem e perseverança até que os resultados cheguem. Alguns produtos têm um tempo de germinação um pouco maior e é necessário exercitar esses atributos diariamente, mas temos sido felizes ao colhermos os resultados. A EuroShow passou de uma visão de mercado para um produto de muita qualidade. Enxergamos a necessidade dentro do caixilharia carioca de uma linha com alto desempenho e de acesso possível aos serralheiros, que permitisse prazos curtos ao cliente final através de material em abundância (perfis e acessórios). Isso nos traz muita satisfação em ver o ponto em que chegamos e a visão que temos sobre os dias que virão.

Contramarco — Comente sobre outros produtos que sua empresa desenvolveu e lançou.

Mauro Fagundes — Nessa linha de pensamento, desenvolvemos roldanas que pudessem dar a leveza que as esquadrias para grandes vãos necessitam. A RolShow é um produto que foi aprimorado e hoje chegamos a resultados bastante significativos. Submetemos as roldanas aos testes em laboratório, certificando-as, mas principalmente fomos testados e aprovados pelas serralherias do Brasil. Em nossa experiência, essas qualidades não precisavam ficar restritas às linhas de perfis EuroShow. Elas hoje estão disponíveis para muitas linhas de perfis de 25mm e 32mm, mantendo as características de corpo em inox, rodas em acetal e rolamentos com dupla blindagem.

Contramarco — Quais são os planos da Alushow para os próximos anos? 

Mauro Fagundes — Estamos constantemente buscando evoluir. Diversidade é a palavra-chave. Atuamos como distribuidora de componentes e acessórios para esquadrias, agregamos uma linha de perfis de alto padrão, desenvolvemos roldanas de alto desempenho, temos produtos importados com valores muito atraentes e estamos buscando outras frentes de trabalho.  Buscar vertentes variadas agrega possibilidades de equilíbrio financeiro, não nos deixando fragilizados diante das sazonalidades comuns em qualquer negócio.

Publicidade:
FISE GIF.gif
 
twitter.png
Leia a matéria na íntegra na Edição nº150 jul/ago 2021- solicite seu exemplar
 Acesse a edição digital - conteúdo exclusivo para assinante