Edição nº143 mai/jun 2020

O MAIOR EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL DA AMÉRICA LATINA ERGUE-SE EM BALNEÁRIO CAMBORIÚ

O Consórcio CLN formado pelas empresas Central do Alumínio, Luxalum e NTC Novatech está instalando as esquadrias do complexo residencial YACHTHOUSE by Pininfarina em Balneário Camboriú (SC), em um terreno de 7.536m² com impressionantes 142.000m² de área construída distribuídos em duas torres de 81 pavimentos cada uma e um total de 264 apartamentos. As duas torres atingem 281m de altura, fato que torna a obra o maior empreendimento residencial da América Latina. 


Somente o embasamento do YACHTHOUSE by Pininfarina tem oito pavimentos, com frente de 140m lineares. Sua área de lazer ocupa dois pavimentos somando 8.400m².

O projeto arquitetônico é do estúdio de design Pininfarina, reconhecido internacionalmente há muitas décadas como um símbolo do estilo italiano, e que vem utilizando seu prestígio também no universo da construção civil. O estúdio de design foi contratado pela Pasqualotto&GT, construtora com forte atuação no litoral catarinense, responsável por diversas obras importantes e de alto padrão.

LINHA DE PRODUÇÃO

As duas grandes torres têm fachada unitizada. Para ganhar mais agilidade e segurança no processo de construção, o Consórcio CLN instalou em um espaço especialmente adaptado de 4.000m², uma completa linha de montagem — com equipe profissional especializada (100 colaboradores), cabine climatizada para a colagem dos vidros nos painéis unitizados, máquinas, equipamentos, ferramentas, estoque de perfis, vidros, chapas de alumínio composto (acm), componentes e todos os demais itens necessários em uma fábrica inovadora. 

“Os painéis são movimentados e instalados com equipamentos especiais”, disse Luiz Felipe Lucena, executivo do Consórcio CLN, em fevereiro passado, quando recebeu a equipe Contramarco para uma visita à grande obra em Balneário Camboriú.

Entre outros números e dados que impressionam, Lucena contou à nossa equipe que a construção do YACHTHOUSE by Pininfarina tem como grande desafio uma logística que envolve algo em torno de 900 toneladas de alumínio destinados à montagem de 12.500 painéis unitizados.

O Consórcio CLN convencionou que os perfis fornecidos pela Schüco e pintados na Ezy Color seriam cortados e usinados na planta industrial da Luxalum, que conta com equipamentos e equipe técnica em quantidade necessária para o processamento desse grande volume de perfis de alumínio, transformando-o em kits.

Valendo-se da experiência da Central do Alumínio e da NTC Novatech na execução de fachadas unitizadas em local adequado na própria obra, o Consórcio projetou e montou uma estrutura para a assemblagem dos painéis e do acm, e para a colagem do vidro. 

A estrutura inédita foi aprovada por todos os envolvidos no projeto: a Yachthouse Incorporadora, a consultoria da Crescêncio Engenharia, a GE Silicones e a Schüco.

De acordo com o Consórcio, tanto a linha de produção quanto o transporte dos painéis até o local de instalação foram rigorosamente estudados de maneira a preservar a integridade da equipe de colaboradores. O projeto da linha de produção dentro da obra foi desenvolvido cuidadosamente para dar conta dos 12.500 painéis, com peso médio unitário de 240kg.  

Entre outros números e dados que impressionam, Lucena contou à nossa equipe que a construção do YACHTHOUSE by Pininfarina tem como grande desafio uma logística que envolve algo em torno de 900 toneladas de alumínio destinados à montagem de 12.500 painéis unitizados.

O Consórcio CLN convencionou que os perfis fornecidos pela Schüco e pintados na Ezy Color seriam cortados e usinados na planta industrial da Luxalum, que conta com equipamentos e equipe técnica em quantidade necessária para o processamento desse grande volume de perfis de alumínio, transformando-o em kits.

Valendo-se da experiência da Central do Alumínio e da NTC Novatech na execução de fachadas unitizadas em local adequado na própria obra, o Consórcio projetou e montou uma estrutura para a assemblagem dos painéis e do acm, e para a colagem do vidro. 

A estrutura inédita foi aprovada por todos os envolvidos no projeto: a Yachthouse Incorporadora, a consultoria da Crescêncio Engenharia, a GE Silicones e a Schüco.

De acordo com o Consórcio, tanto a linha de produção quanto o transporte dos painéis até o local de instalação foram rigorosamente estudados de maneira a preservar a integridade da equipe de colaboradores. O projeto da linha de produção dentro da obra foi desenvolvido cuidadosamente para dar conta dos 12.500 painéis, com peso médio unitário de 240kg.  

Publicidade:
banner ok.gif
 
Leia a matéria na íntegra na Edição nº143 mai/jun 2020 - solicite seu exemplar
 Acesse a edição digital - conteúdo exclusivo para assinante   

Tel: +55 (11) 5539-3200