Edição nº141 jan/fev 2020

Publicidade:

Colaborou: Stephanie Fazio

Você provavelmente já ouviu falar de termos como big data, ERP, bloco K, bloco H, Disk Operating System (DOS), renderização fotorrealística, realidade aumentada, internet das coisas (IoT), tecnologia 5G, dentre outros. 
Mas você realmente sabe para que servem? 

Essas terminologias estão relacionadas à indústria 4.0 (ou “quarta revolução industrial”, como também é conhecida), que surgiu com a internet e a crescente automação, utilizando novos recursos de comunicação entre máquinas e processos inteligentes.

Nos dias de hoje, as inovações não param de chegar. Temos casas inteligentes, trenas a laser, a Modelagem de Informação da Construção (BIM), casas em módulos para montagem rápida; carros autônomos, dentre inúmeros exemplos que já são realidade. 

Muitos empreendedores precisam lidar com um grande volume de demandas e com prazos cada vez mais curtos. Assim, para que possam entregar suas encomendas dentro do período estipulado e manter a qualidade, é necessário utilizar uma ferramenta que otimize seu tempo e, por consequência, aumente a produtividade.

CAPA: Sistemas de software organizam e impulsionam a produtividade da indústria de esquadrias  

PORTAS E JANELAS TECNOLÓGICAS

As áreas de esquadrias, vidro e serralheria não ficaram de fora dos sistemas de software, que podem ser definidos como um conjunto de instruções seguidas e executadas de forma precisa por um mecanismo (neste caso, o computador conectado às máquinas específicas da indústria). 

Coleção de programas, procedimentos e documentação que controla ou desempenha alguma tarefa em um sistema de computação (segundo o “Grande Dicionário Houaiss”), o termo software também se refere aos aplicativos (apps), por exemplo, programas que “dizem” o que uma máquina deve fazer, segundo o site Tecnoblog (tecnoblog.net). 

Para exemplificar, os programas que estão no  computador que você utiliza (ou então no seu celular, tablet ou smart TV) são softwares com funções diversas: desde um editor de textos até aplicativos de streaming (que permitem o fluxo contínuo, de sons ou imagens) e de redes sociais, entre muitos outros. 

BENEFÍCIOS QUE TRAZEM SOLUÇÕES 

Nos segmentos de esquadrias, vidro e serralheria, os softwares possibilitam maior agilidade, praticidade e eficiência em cortes de materiais, cálculo de orçamentos, redução de desperdícios, gerenciamento a distância de vários setores da empresa, cálculo de perímetros, cálculo com arredondamento, entre inúmeros outros benefícios proporcionados por esses sistemas.

Alguns programas vão além dessas possibilidades, disponibilizando soluções em plataformas cloud (também conhecidas como armazenamento em “nuvens”, que permitem o acesso eletrônico de onde quer que o empresário esteja). 


Outra tendência da área é o uso crescente do Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP, na sigla em inglês), ao invés de vários programas específicos para cada parte da organização, segundo entrevistas realizadas pela equipe Contramarco com executivos de empresas fornecedoras de software.  

Esta matéria tem o objetivo de esclarecer os termos da indústria 4.0 e ir além, trazendo dicas e reflexões de empresários do ramo sobre o que deve ser considerado no momento de escolher um programa para a sua empresa. 

 

Softwares específicos para cada segmento trazem benefícios para a produção e gestão empresarial. Na edição impressa, o leitor pode conhecer as principais empresas desenvolvedoras e fornecedoras desses sistemas.

banner ok.gif
 
Leia a matéria na íntegra na Edição nº141 jan/fev 2020 - solicite seu exemplar
 Acesse a edição digital - conteúdo exclusivo para assinante

Tel: +55 (11) 5539-3200